Caminhão apresenta problema mecânico e capota entre municípios de São Vicente e Currais Novos

Um capotamento de caminhão foi registrado na madrugada deste domingo (14) na BR-226, entre os municípios de Currais Novos e São Vicente, no Seridó potiguar. O condutor do veículo teve apenas escoriações leves.

De acordo com a Polícia Militar, o acidente foi registrado por volta das 4h. A região onde o acidente foi registrado é de serra e o condutor afirmou aos militares que o veículo apresentou um problema mecânico e não teve força pra efetuar a subida.

O caminhão estava carregado com 25 toneladas de milho. O motorista pulou de dentro da cabine para se salvar e teve apenas ferimentos leves.

A ocorrência também contou com apoio do Corpo de Bombeiros, que fez uma busca mais minuciosa no local, principalmente pelo veículo estar de capotado às margens da rodovia.

ANTHONY MEDEIROS

Postado em 14 de julho de 2024

Polícia autua vinte e três condutores durante fiscalização em Currais Novos

A polícia realizou, na noite de sábado (13), mais uma operação na cidade de Currais Novos e autuou 23 (vinte e três) condutores por descumprimento às normas de trânsito. Segundo os agentes, dos autuados, 18 (dezoito) foram por dirigir sob efeito de álcool.

Ainda conforme a equipe, os condutores deverão pagar multa no valor de R$2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir pelo período de 1 ano. Nenhum sinistro com vítima foi registrado na cidade.

O Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), por meio da Seção Lei Seca, foram os responsáveis pela ação.

Postado em 14 de julho de 2024

Saiu os Campeões da Categoria MASTER no PARQUE SILVIO BEZERRA DE MELO em Currais Novos/RN

• EMPATADOS EM PRIMEIRO •

1° LUGAR
Rogério Coutinho × João Maria
Representação: EQUIPE SEU COUTINHO – RIO NORTE IMOBILIÁRIA- Natal/RN

1° LUGAR
Fabiano Lopes × Fabiano Filho
Representação: CT FABIANO LOPES- Monte Alegre/RN

1° LUGAR
Adriano Bezerra × Alcimario
Representação: HARAS AFB- São Paulo/SP


4° LUGAR
Alison da Suprema × Igor Monteiro
Representação: SUPREMA VEÍCULOS- Natal/RN

Postado em 14 de julho de 2024

Saiu Os Campeões da Categoria JOVEM na vaquejada do PARQUE SILVIO BEZERRA DE MELO em Currais Novos/RN

A Vaquejada realizada no renomado Parque Silvio Bezerra de Melo, localizado em Currais Novos/RN, é marcada por momentos emocionantes e performances de alto nível dos competidores.

Na categoria Jovem, Matheus Medeiros e Felipe Medeiros, representando o Açougue Real Carnes de Tangará/RN, sagraram-se campeões com uma exibição impressionante de habilidade e sincronia.

O pódio do segundo lugar foi compartilhado por várias duplas que igualaram suas marcas:

• CAMPEÃO•

1° LUGAR
Matheus Medeiros × Felipe Medeiros
Representação: AÇOUGUE REAL CARNES- Tangará/RN

• EMPATADOS EM SEGUNDO•

2° LUGAR
Cristian Bryan × Arlan
Representação: ALINHA CAR PNEUS- HARAS DARK RANCH- Currais Novos/RN

2° LUGAR
Gordo do Gado × Tadeu
Representação: PARQUE CÍCERO BEZERRA- Bodo/RN

2° LUGAR
Thiago Belo × Everton da Queijeira
Representação: PARQUE RAIMUNDO BELO- Santa Luzia/PB

2° LUGAR
Mario Neto × Companheiro
Representação: EQUIPE PESO PESADO- Natal/RN

A competição não apenas destacou o talento dos participantes, mas também fortaleceu a tradição e a paixão pela vaquejada na região, reunindo competidores e entusiastas em um evento memorável no calendário local.

Postado em 14 de julho de 2024

Governadora sanciona reestruturação das carreiras de policial e bombeiro

A governadora Fátima Bezerra sancionou na sexta-feira (12) a lei que promove a reestruturação dos planos de carreira da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte.

A nova legislação traz mudanças nos intervalos para promoção das carreiras militares e aperfeiçoam o acesso de praças aos quadros auxiliares de oficiais.

Segundo Fátima Bezerra, a reestruturação proporciona uma progressão mais justa e eficiente para os integrantes das forças de segurança. “É um reconhecimento ao trabalho essencial desempenhado pelos policiais e bombeiros, que diariamente arriscam suas vidas em prol da segurança da população potiguar”, disse ela.

Para a promoção, segundo a nova lei, os militares devem atender aos critérios específicos para a habilitação, além de cumprir o tempo máximo de permanência nas seguintes graduações: oito anos na graduação de Soldado para promoção a Cabo; oito anos na graduação de Cabo para promoção a 3º Sargento; e oito anos na graduação de 3º Sargento para promoção a 2º Sargento.

A sanção deve ser publicada na edição deste último sábado (13) do Diário Oficial do Estado (DOE). “O benefício é uma forma de valorizar e garantir melhores condições de trabalho para aos policiais e bombeiros militares”, refletiu a governadora.

Além das alterações nos planos de carreira, as regras também instituem o auxílio alimentação para os bombeiros militares, uma reivindicação antiga da categoria.

O Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior, comemorou as mudanças nas regras de progressão. “Isso motiva os policiais a trabalharem melhor e se dedicarem mais ao serviço da Polícia Militar”, disse.

Para o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro Júnior, a legislação é uma ferramenta de valorização dos servidores. Ele ressalta que a estruturação das carreiras permite que policiais e bombeiros tenham condições de ascensão a outras graduações e postos. “É a realização de um sonho para as forças de segurança”, comemorou.

A cerimônia de assinatura da lei contou com a presença do secretário de Administração, Pedro Lopes, do procurador geral do Estado, Antenor Roberto, além de representantes de entidades representativas de categorias da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Postado em 14 de julho de 2024

Publicado edital para convenção de homologação da chapa Acácio Brito e Evanildo Rosa em Serra Negra do Norte

Em preparação para as eleições municipais, foi oficialmente anunciada a realização da Convenção que homologará a chapa encabeçada por Acácio Brito e Evanildo Rosa para os cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, nesta cidade do Rio Grande do Norte.

O evento está agendado para o dia 20 de agosto, com início às 18h, e será realizado na Quadra da Escola Leomar Batista, localizada na Rua Cel. Clementino, 727, Helvécio Praxedes, Serra Negra do Norte-RN

Postado em 14 de julho de 2024

Entidades repudiam monitoramento ilegal de jornalistas

O monitoramento ilegal de jornalistas por agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) durante o governo de Jair Bolsonaro é considerado um ato de violência e uma tentativa de violar o trabalho dessa categoria. A avaliação é de entidades representativas de profissionais da imprensa.  

Investigação da Polícia Federal (PF) revela que agentes lotados na Abin utilizaram ferramentas de espionagem adquiridas pelo órgão para monitorar os movimentos de autoridades do Judiciário, do Legislativo e da Receita Federal, além de personalidades públicas, como jornalistas. Os atos irregulares teriam ocorrido durante o governo de Jair Bolsonaro.

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) considera que as atividades da chamada Abin Paralela foram ilegais e criminosas e um ostensivo ataque à liberdade de imprensa.

“A utilização de maneira ilegal e abusiva de serviços de espionagem foi uma tentativa explícita do governo Bolsonaro de violar o livre exercício do Jornalismo e o sigilo da fonte. Já havíamos denunciado essa situação em janeiro deste ano, quando da realização da Operação Vigilância Aproximada. Tanto que solicitamos na justiça o acesso à lista de espionados à época, mas não obtivemos informações porque o processo estava sob sigilo”, diz a entidade, em nota.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) também repudia os atos cometidos pela chamada Abin Paralela, sob o comando do delegado da PF Alexandre Ramagem, atual deputado federal pelo PL do Rio de Janeiro.

“A Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI (CDLIDH) repudia o uso de software de propriedade federal para espionar e monitorar a atividade profissional de jornalistas e agências de checagem. A CDLIDH repudia esse comportamento inaceitável, que representa total afronta à privacidade dos profissionais e organizações e um atentado ao Estado Democrático de Direito”, diz a entidade, em nota enviada à Agência Brasil.

Em fevereiro deste ano, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), juntamente com a ABI e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), protocolou um pedido ao Supremo Tribunal Federal para a divulgação dos nomes dos jornalistas que foram espionados ilegalmente pela Abin Paralela. Segundo o SJSP, o embasamento jurídico do pedido das entidades foi relacionado à questão do direito constitucional ao sigilo à fonte no exercício jornalístico, bem como o direito à privacidade de todo cidadão brasileiro.

“Ao tomar conhecimento da investigação que escancarou a história de uma ‘Abin Paralela’ a serviço do governo Bolsonaro para espionar ilegalmente opositores, políticos e jornalistas, se entendeu que é fundamental que essa história seja esclarecida”, disse no pedido o presidente do Sindicato, Thiago Tanji.

Surpresa

Segundo a PF, os jornalistas monitorados foram Mônica Bergamo, Vera Magalhães, Luiza Alves Bandeira e Pedro Cesar Batista. Em entrevista ao canal Band News, Mônica Bergamo disse que foi uma surpresa descobrir seu nome entre os monitorados.

“É abjeto ter um aparelho de Estado monitorando pessoas que eles imaginam que podem, de alguma forma, minar o seu governo. É uma sensação muito estranha”, disse a jornalista. Ela lembrou que, além do monitoramento de suas conversas, houve uma tentativa de difamação, com a ideia de fazer uma conexão da profissional com Adélio Bispo, responsável pelo atentado ao então candidato à Presidência Jair Bolsonaro, em 2018

Postado em 14 de julho de 2024

Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência começa neste domingo

De 14 e 17 de julho, Brasília será palco da 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que volta a acontecer depois de um hiato de oito anos. Com o tema Cenário Atual e Futuro na Implementação dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o evento vai debater e deliberar sobre propostas colhidas após ampla participação social, nas etapas regionais da conferência.

Para abrir a programação, o ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida, fará uma palestra magna no domingo (14), às 16h30. Já na segunda (15), ao longo do dia, acontecem palestras que abordarão os cinco Eixos Temáticos da conferência, cada um mediado e apresentado por especialistas e autoridades da área. O objetivo é fortalecer a construção de políticas públicas inclusivas e assegurar os direitos das pessoas com deficiência no Brasil.

Confira a íntegra da programação AQUI.

Para falar sobre “Estratégias para manter e aprimorar o controle social assegurando a participação das pessoas com deficiência”, foram convidados: Renato Simões (SNPS/SG/GR), Lais Vanessa Carvalho de Figueiredo Lopes (Confoco) e Siana Guajajara (Acessibilindígena). A mediação será feita pela secretária Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Anna Paula Feminella.

Já no painel sobre “Garantia de acesso das pessoas com deficiência às políticas públicas e avaliação biopsicossocial unificada”, proferirão palestra: Naira Gaspar (Diretoria da Pessoa com Deficiência), André Quintão (secretário Nacional de Assistência Social) e Izabel Maior (UFRJ). A mediação será de Roberto Tiné, do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade).

O eixo temático sobre “Financiamento da promoção de direitos da pessoa com deficiência” será apresentado pela representante do Conselho Nacional de Saúde, Vitoria Bernandes, e o pesquisador em Finanças Públicas, Carlos Kerbs, com mediação do diretor de Relações Institucionais, Antonio José.

No quarto eixo, sobre “Cidadania e Acessibilidade”, estão previstas palestras do desembargador federal Pablo Zuniga Dourado, de Ricardo Tadeu Bugarim Duailibe (TJ Maranhão) e Martinha Clarete Dutra Dos Santos, integrante da Rede Ibero-americana para o Desenvolvimento dos Sistemas Educacionais Inclusivos (OEI). A mediação será de Nancy Castro Segadilha, do Conade.

O quinto eixo abordará “Os desafios para comunicação universal”, com Luanna Sant’Anna Roncarantii (SGD/MGI), Falk Soares Ramos Moreira (IFB) e Mariana Cartaxo (Programa de Acesso Digital no Brasil). A mediação será de Ludymilla dos Santos Chagas, do Conade.

Grupos de trabalho e encaminhamentos

A terça-feira (16) será dedicada às atividades dos Grupos de Trabalho que aprofundarão os debates sobre os eixos temáticos. A plenária final será realizada no último dia, quinta-feira (17), seguida pela apresentação da Carta de Brasília. O encerramento da Conferência está previsto para às 17h.

Postado em 14 de julho de 2024

Bolsa Família: Já conferiu os BENEFÍCIOS ADICIONAIS de julho? Veja agora

Caixa Econômica Federal iniciará o pagamento da parcela de julho do Bolsa Família em poucos dias. Os beneficiários do maior programa de transferência de renda do país vêm se perguntando qual será o valor da parcela deste mês, e você pode conferir tudo sobre o benefício neste texto.

Em resumo, o Governo Federal vem mantendo o benefício turbinado neste ano, para alegria das famílias inscritas. S expectativa é que o valor do Bolsa Família siga elevado em julho, acima da média definida pelo próprio programa.

Isso quer dizer que os beneficiários continuarão tendo acesso aos benefícios extras pagos pelo governo. Portanto, a parcela de julho do Bolsa Família pode superar significativamente o valor médio nacional, ao menos para as famílias que tiverem direito aos auxílios adicionais.

Benefícios extras do Bolsa Família em julho

A saber, as famílias inscritas no Bolsa Família possuem características diferentes, como quantidade de filhos e idade de cada um deles, por exemplo. Portanto, cada beneficiário recebe um valor específico do auxílio.

Além disso, o programa possui diversos benefícios em sua composição que determinam qual será a parcela recebida por cada usuário. Isso acontece porque o governo tenta atender todos os segurados em suas particularidades, promovendo inclusão de todos os grupos.

Confira abaixo os benefícios do Bolsa Família de julho:

1- Benefício de Renda de Cidadania

A regra garante o pagamento de R$ 142 para cada membro da composição familiar que esteja inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). Assim, o valor do benefício é multiplicado pela quantidade de indivíduos da família.

Por exemplo, uma família composta por cinco pessoas recebe R$ 710 por mês (R$ 142 x 5 = R$ 710). Caso haja dez pessoas, o valor da parcela chega a R$ 1.420 (R$ 142 x 10 = R$ 1.420). Isso mostra que o valor do Bolsa Família pode superar um salário mínimo vigente (R$ 1.412), dependendo da composição familiar.

2- Benefício Complementar

Ao considerar o Benefício de Renda de Cidadania, as famílias unipessoais (compostas por um indivíduo) receberiam apenas R$ 142 no mês. Entretanto, o governo definiu a parcela mínima do Bolsa Família em R$ 600.

Para garantir o pagamento mínimo de R$ 600 a todos os inscritos, o governo federal complementa o valor do benefício a milhares de segurados. Isso acontece nas famílias compostas por até quatro pessoas, que teriam direito a, no máximo, R$ 568 (R$ 142 x 4 = R$ 568) no mês, através do Benefício Complementar.

3- Benefício Primeira Infância

Desde março de 2023, o governo vem realizando o pagamento de R$ 150 por criança de até seis anos de idade. Dessa forma, as famílias que possuem crianças com sete anos incompletos estão recebendo esse benefício adicional, que ajuda a elevar o valor da parcela mensal do Bolsa Família.

4- Benefício Variável Familiar

O governo federal assegura o pagamento de um valor adicional de R$

50 a crianças e jovens de sete a 18 anos, bem como a gestantes e lactantes integrantes da composição familiar.

5- Benefício Variável Familiar Nutriz

Desde setembro de 2023, o governo vem pagando um adicional de R$ 50 para os indivíduos das famílias que possuem até sete meses incompletos. Dessa forma, as famílias terão um benefício a mais para aumentarem os cuidados com os bebês.

6- Benefício Extraordinário de Transição

Esse benefício tem como principal objetivo garantir que nenhum usuário do Bolsa Família receba uma parcela menor que o programa anterior (Auxílio Brasil).

Os repasses de todos esses benefícios ocorrem na mesma data de pagamento do Bolsa Família. Assim, os usuários que tiverem direito aos benefícios irão receber os valores conforme o calendário do principal programa social do país.

Calendário de pagamento do Bolsa Família de julho

Os repasses possuem um padrão e acontecem nos últimos dias úteis de cada mês. O calendário de pagamento da parcela de julho do Bolsa Família pode ser consultado pelos beneficiários.

Cabe salientar que a Caixa Econômica realiza os repasses conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos usuários. Dessa forma, um novo grupo tem acesso ao valor em suas contas a cada dia útil.

Confira o calendário de pagamentos do Bolsa Família de julho de 2024:

  • 18 de julho – Beneficiários com NIS de final 1;
  • 19 de julho – Beneficiários com NIS de final 2;
  • 22 de julho – Beneficiários com NIS de final 3;
  • 23 de julho – Beneficiários com NIS de final 4;
  • 24 de julho – Beneficiários com NIS de final 5;
  • 25 de julho – Beneficiários com NIS de final 6;
  • 26 de julho – Beneficiários com NIS de final 7;
  • 29 de julho – Beneficiários com NIS de final 8;
  • 30 de julho – Beneficiários com NIS de final 9;
  • 31 de julho – Beneficiários com NIS de final 0.

Isenção do IR para
Aposentados

Postado em 14 de julho de 2024

20 milhões não sabem que estão com o nome sujo; veja como checar e limpar seu CPF

Cerca de 72,5 milhões de pessoas estão com dívidas em atraso, segundo o levantamento mais recente do Serasa, divulgado no mês passado. A mesma pesquisa mostra que 20 milhões desconhecem a existência de débitos em seu nome, ou seja, não sabem que podem estar com o nome “sujo”. A pesquisa também aponta que 51 milhões de pessoas nunca consultaram a situação do seu CPF.

Estar com o nome “sujo” quer dizer que a pessoa com dívidas atrasadas teve o número de seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) incluído em listas mantidas por órgãos de proteção ao crédito – ou seja, teve o CPF negativado. Entre as complicações de estar com o nome “sujo” está uma maior dificuldade para contratar serviços e obter empréstimos.

Órgãos de defesa do consumidor indicam que o primeiro passo de quem está com o nome sujo é saber quais são as dívidas que o levaram a essa condição. Para isso, recomendam que as pessoas pesquisem a situação do CPF em portais de proteção ao crédito, como o SPC e o Serasa.

A ferramenta Registrato, disponibilizada pelo Banco Central por meio deste link , também serve como fonte de consulta. Para acessá-la, é necessário fornecer o login e senha da conta gov.br de nível prata ou ouro.

Mais uma alternativa é acessar uma outra ferramenta do governo federal, o consumidor.gov.br, que também requer acesso por meio da conta gov.br prata ou ouro. Ao contrário das demais, no consumidor.gov.br é preciso inserir o nome da empresa para realizar a pesquisa.

Como limpar o nome?

Para limpar o nome, é preciso fazer a renegociação das dívidas. Antes de iniciar essa negociação, entidades especializadas no assunto, como Serasa e Crefisa, recomendam organizar o orçamento familiar, calcular os rendimentos (como salários e outros ganhos) e listar as despesas fixas e variáveis (como aluguel, mensalidade escolar, conta de luz, compras no mercado, feira e pagamentos com cartão de crédito). É fundamental determinar o montante disponível para quitar a dívida e garantir que o pagamento de uma eventual parcela não comprometa o orçamento familiar.

Depois de colocar tudo na ponta do lápis, a pessoa deve procurar os credores. Isso pode ser feito pelos canais de atendimento, para obter informações sobre o saldo atualizado (que geralmente inclui juros e encargos), ou com a opção por negociar através de outras plataformas, como o Serasa Limpa Nome e o consumidor.gov.br.

Muitas empresas também criam canais dedicados exclusivamente à renegociação de dívidas. Veja abaixo alguns exemplos:

Itaú: https://renegociacao.itau.com.br

Santander: https://www.santander.com.br/renegocie

Bradesco: https://nd-bradesco.negociedigital.com.br/

Enel: https://www.enel.com.br/pt-saopaulo/Para_Voce/negocie_sua_divida.html

Comgás: https://virtual.comgas.com.br/saldaodedivida

Como usar o consumidor.gov.br?

Para utilizar o consumidor.gov.br, é necessário se cadastrar na plataforma. Em geral, ela permite resolver questões diretamente entre o consumidor e a empresa pela internet, sem a necessidade de processos judiciais. A participação das empresas na ferramenta é voluntária.

Segundo informações do governo federal, atualmente estão cadastradas na plataforma empresas de diversos setores, como vestuário, água, energia, telecomunicações, transporte aéreo, comércio eletrônico e internet. Caso haja alguma insatisfação durante a negociação, a pessoa deve procurar os órgãos de defesa do consumidor, já que a plataforma não os substitui.

Veja abaixo o passo a passo após acessar a ferramenta:

Selecione uma instituição financeira para formalizar o pedido;

Ao preencher a solicitação, é importante selecionar no campo “Problema” a opção “Renegociação/parcelamento de dívida”;

O campo “Descrição da Reclamação” também deve ser preenchido; é ali que o consumidor informa o interesse em participar da ação de renegociação de débitos;

A instituição financeira tem até 10 dias para fornecer uma resposta;

Na própria ferramenta, é possível esclarecer dúvidas, anexar documentos e detalhar o pedido de renegociação.

Como usar o Serasa Limpa Nome?

O Serasa Limpa Nome oferece serviços de negociação de dívidas que podem resultar em descontos de até 90% nos valores devidos, diz a plataforma. Para acessar, o interessado deve entrar no site ou no aplicativo do Serasa Limpa Nome. Também é possível realizar o processo pelo WhatsApp, no número (11) 99575-2096.

Veja como usar a plataforma:

  • Acesse o site ou aplicativo e informe seu CPF e senha; caso não tenha uma conta, será necessário se cadastrar;
  • Verifique as dívidas disponíveis para negociação e selecione a opção desejada;
  • Escolha a forma de pagamento e o número de parcelas, caso haja parcelamento;
  • Confirme as condições e conclua a negociação.

Cuidados

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) aconselha que o contrato de renegociação seja lido com atenção e que não se aceitem juros ou encargos abusivos.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, a multa por atraso deve ser limitada a 2%, mas algumas lojas e instituições financeiras chegam a cobrar até 20%. Nesses casos, o consumidor deve solicitar juros mais baixos e, se não obtiver resposta, pode recorrer à Justiça.

Postado em 14 de julho de 2024

Dunga, ex-técnico da Seleção Brasileira, e esposa ficam feridos após carro capotar no Paraná

Foto: PRF

O ex-técnico da Seleção Brasileira, Dunga, e a esposa dele, ficaram feridos após o carro em que estavam capotar neste sábado (13) na BR-116, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi registrado no km 39, perto de 12h30, após o veículo sair da rodovia.

A PRF informou que os dois tiveram ferimentos leves e estavam conscientes durante o atendimento.

Ainda conforme a PRF, o casal foi levado ao Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul. Os policiais fizeram teste de bafômetro nas vítimas e o resultado foi negativo.

g1

Postado em 14 de julho de 2024

Banco Central vai tirar 1ª família de notas do real e nota de R$ 10 “de plástico” de circulação

Foto: reprodução

O Banco Central irá iniciar a retirada de circulação da primeira família de notas do real. A informação consta de uma instrução normativa do BC da última quarta-feira (10). A medida deve tirar de circulação a primeira geração das cédulas de R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100, produzidas entre 1994 e 2010 — quando entrou em circulação a segunda família de notas, que traziam mais elementos de segurança, como o tamanho diferenciado da nota de cada valor.

A normativa prevê que os bancos que receberem as notas da primeira família devem encaminhá-las por meio de operações de depósito ou de troca para a instituição custodiante, que as encaminhará posteriormente ao Banco Central do Brasil. O BC realizará o descarte. As notas sairão de circulação pelo longo tempo de vida útil, mas quem ainda tiver uma dessas no bolso não deve se preocupar, já que elas continuam valendo.

Também sairá de circulação a rara nota de R$ 10 “de plástico”, feita em polímero e lançada em 2000 em razão da celebração dos 500 anos de Descobrimento do Brasil. A nota já virou item de colecionador: uma pesquisa rápida em sites de numismática indica que ela pode chegar a custar R$ 250.

História

O lançamento das notas de real foi no dia 1º de julho de 1994. Foram lançadas as cédulas de R$ 1 (que deixou de ser produzida em 2005), R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50, e R$ 100, todas trazendo imagens de animais. A segunda família do real manteve as imagens dos bichos. A nota de real mais recente, lançada em setembro de 2020, é a de R$ 200, que traz a imagem do lobo-guará.

InfoMoney

Postado em 14 de julho de 2024

FBI vê tentativa de assassinato contra Trump; atirador tinha 20 anos

Foto: AP Photo/Gene J. Puskar

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi identificado como o atirador que tentou assassinar Donald Trump, afirmou o FBI na madrugada deste domingo (14). O ex-presidente dos Estados Unidos foi alvo de um atentado durante um comício na Pensilvânia, no sábado (13).

Crooks foi morto após atirar contra o ex-presidente. As autoridades afirmaram que coletaram amostras de DNA para identificá-lo. Ele morava em Bethel Park, um distrito que fica a cerca de 70 km do local do atentado, e estava registrado no sistema eleitoral do estado como republicano.

O atirador não tinha outros registros criminais na justiça norte-americana, segundo o jornal “The New York Times”. O FBI afirmou que a motivação do atentado contra o ex-presidente ainda é desconhecida.

Trump deixou o comício sangrando e foi encaminhado ao hospital, mas já recebeu alta. Um disparo atingiu de raspão a orelha do ex-presidente. O republicano teve a segurança reforçada e desembarcou em New Jersey, na madrugada deste domingo.

g1

Postado em 14 de julho de 2024

Um espectador foi morto e outros dois ficaram feridos durante comício de Trump

Foto: AFP

Pelo menos um espectador morreu e outros dois ficaram gravemente feridos durante um tiroteio em um comício do ex-presidente Donald Trump, neste sábado (13). A informação foi confirmada pelo Serviço Secreto dos Estados Unidos. O presidente Joe Biden também disse que há outros feridos durante um pronunciamento. O atirador também foi morto.

Trump foi ferido na orelha direta e levado a um hospital. A equipe do ex-presidente disse que ele está bem e agradecido a rápida ação dos socorristas. “O Presidente Trump agradece às autoridades e aos socorristas pela sua ação rápida durante este ato hediondo. Ele está bem e está sendo examinado em um centro médico local. Mais detalhes virão”, diz.

R7

Postado em 14 de julho de 2024