Prefeitura de Currais Novos inaugura novo Centro Municipal de Educação Infantil

Currais Novos, RN – Na próxima segunda-feira, 17 de junho, a Prefeitura de Currais Novos dará mais um passo importante na melhoria da educação municipal com a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil “Tia Neta” (Creche Tipo C). A cerimônia de inauguração está marcada para as 9h e acontecerá na Rua Tota Construtor, 119, no bairro Paizinho Maria.

O novo centro de educação infantil, denominado “Tia Neta”, representa um avanço significativo na oferta de serviços educacionais para as crianças da região. A creche, classificada como Tipo C, é equipada para atender crianças em idade pré-escolar, oferecendo um ambiente seguro e adequado para o desenvolvimento infantil.

A inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil “Tia Neta” é parte de um esforço contínuo da Prefeitura de Currais Novos para ampliar e melhorar a infraestrutura educacional do município. Com essa nova unidade, espera-se reduzir o déficit de vagas na educação infantil e proporcionar um atendimento de qualidade às crianças e suas famílias.

A comunidade está convidada a participar da cerimônia de inauguração e conhecer as instalações da nova creche, que promete ser um marco na educação infantil de Currais Novos.

Postado em 14 de junho de 2024

Chuva Surpreende Moradores de Currais Novos na Madrugada desta sexta dia 14

Na madrugada de hoje, os moradores de Currais Novos, RN, foram surpreendidos pelo som da chuva, que trouxe alívio e esperança para a região. As precipitações foram registradas em diversos bairros da cidade e também na zona rural, alegrando tanto os moradores urbanos quanto os agricultores.

O Sítio Pedra Preta destacou-se ao registrar o maior volume de chuva. Confira os números das precipitações em diferentes locais:

Currais Novos (Parque das Pedras) – 45 mm
Currais Novos (Centro) – 43 mm
Currais Novos (JK) – 49 mm
Sítio Pitombeira – 45 mm

Sitio São Sebastião – 40mm
Aba da Serra – 45 mm
Chácara Paraíso (Sítio São Sebastião) – 40 mm
Sítio Mirador – 50 mm
Sítio Pedra Preta – 60 mm
Totoró – 29 mm
Macambira (Lagoa Nova) – 55 mm
Povoado Manoel Domingos – 35 mm
Malhada da Areia – 30 mm
Malhada de Dentro – 35 mm

Bairro JK (Currais Novos) – 45mm

Serrote do melo – 30mm

Comunidade Carnaúba de Baixo – 10mm

Frei Martinho PB – 15mm

Baixa do sitio – 20mm

Povoado são Sebastião – 48mm

Postado em 14 de junho de 2024

Pastor Lucas é atração confirmada na Noite Gospel 2024 em Currais Novos, RN

foto reprodução

O renomado Pastor Lucas é a mais nova atração confirmada para a “Noite Gospel 2024”, um dos eventos mais aguardados do ano no cenário da música cristã. O evento, que celebra sua 20ª edição, está marcado para o fim de agosto em Currais Novos, RN, e promete reunir grandes nomes do gospel.

Conhecido por seu single inspirador “O Maior Pintor do Mundo”, Pastor Lucas tem conquistado uma legião de fãs com suas mensagens de fé e esperança. Sua participação na Noite Gospel 2024 é aguardada com grande expectativa pelos admiradores do gênero.

A Noite Gospel 2024 promete ser um evento inesquecível de louvor e adoração, destacando talentos excepcionais da música gospel. Organizada anualmente, a celebração tem se consolidado como um marco no calendário dos eventos cristãos, proporcionando momentos de profunda espiritualidade e comunhão.

Fique atento para mais informações sobre a programação completa e outras novidades do evento.

Postado em 14 de junho de 2024

PEC das drogas: aprovação na CCJ aumenta impasse entre STF e Congresso Nacional

A aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 45/23, que criminaliza a posse e o porte de qualquer quantidade de droga aumenta o impasse entre o STF e o Congresso Nacional. Na opinião do advogado Karlos Eduardo de Souza Mares, é mais uma tentativa do Congresso de mostrar ao Poder Judiciário que não cabe à Justiça definir as diretrizes de quantidade para distinguir usuário de traficante. 

“A ideia desse projeto de emenda constitucional que está em tramitação é justamente retirar do Supremo Tribunal Federal o poder de criar uma interpretação sobre posse e porte de drogas, qual a quantidade e, inclusive, sobre a descriminalização do porte de drogas. Então a ideia central é justamente não deixar à margem da interpretação do STF qual a interpretação vai ser aplicada para cada situação”, analisa.

Aprovado por 47 votos a 17 na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (12), o texto, que também já tinha sido aprovado no Senado, precisa agora passar por uma comissão especial e, depois, pelo Plenário, em dois turnos de votação. 

“Para ser aprovada na Câmara ela precisa de no mínimo 308 votos e no Senado ela precisaria de no mínimo 49 votos”, destaca o advogado Karlos Eduardo.

Para a advogada, professora universitária e membro da Associação Nacional da Advocacia Criminal (ANACRIM) Kerolinne Barboza, essa decisão nada mais é do que uma reação legislativa a uma decisão do STF.

“Inclusive encontra-se ainda em discussão no STF, atualmente suspenso o julgamento, mas tivemos já o voto de três ministros que concordam em manter a criminalização do porte para o consumo pessoal. O STF entende, até o momento, pelos votos proferidos, que deverá o Congresso Nacional estabelecer critérios objetivos para diferenciar o porte de drogas para o consumo pessoal estabelecendo parâmetros que sejam de fácil identificação para que haja tipificação correta”, explica.

Discussão no STF

O debate sobre o tema no Congresso Nacional ocorre ao mesmo tempo em que o Supremo Tribunal Federal tenta decidir sobre a inconstitucionalidade de enquadrar como crime unicamente o porte de maconha para uso pessoal. Segundo o advogado especialista em direito criminal Daniel Bialski, muita coisa pode mudar.

“A consequência de ter uma legislação é que efetivamente esta decisão do Supremo que prevalecia ou prevalecerá até então, deixa de ter eficácia porque se o presidente concordar com a edição da lei, a lei for promulgada, o uso de droga passa a ser ato ilícito e deve ser punido e combatido não só pelas polícias, mas por todo o poder público”, explica.

A proposta é de autoria do senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado. Ele explica que a proposta pretende distinguir traficante de usuário aplicando as penas de acordo com cada situação, mas ressalta que a utilização de substâncias derivadas de drogas ilícitas para uso medicinal não será afetada pela PEC.

O que diz a lei?

Conforme os especialistas, o que a legislação diz hoje é que a Lei Antidrogas considera crime comprar, guardar, transportar ou trazer consigo drogas para consumo pessoal. Entre as penas aplicadas, estão advertência sobre os efeitos das drogas e prestação de serviços à comunidade. Caso a proposta seja aprovada, a criminalização do usuário passa a integrar a Constituição e estará acima da Lei Antidrogas. 

Na opinião do advogado especialista em direito criminal Carlos Maggiolo, além da PEC, o poder público deveria adotar outras ações em conjunto. 

“Na realidade, até hoje, pouco o poder público investiu e se esforçou para tratar o usuário de droga. A questão de observar o usuário de droga como dependente químico como caso de saúde pública, sempre foi deixada de lado. Nunca se fez um esforço para que se recupere aquele usuário de droga. Não foram construídas unidades voltadas para a recuperação desse usuário, o que já deveria ter sido feita há muito tempo”, lamenta.

De acordo com a PEC 45/23, deverá ser definido segundo as provas apresentadas, se a pessoa flagrada com droga responderá por tráfico ou será enquadrada como usuária.

Fonte: Brasil 61

Postado em 14 de junho de 2024

Revistas Caicó e Currais Novos da Gente serão publicadas em sua terceira edição nas Festas de Sant’Ana de Caicó e Currais Novos

Idealizadas, desde 2011, pelos jornalistas Ismael Medeiros e Suerda Medeiros, a série intitulada de Revistas da Gente, publicadas em diversas cidades do Seridó, volta a circular no próximo mês de julho.
Desta vez, com mais duas publicações: em Currais Novos e Caicó. A cronologia dos lançamentos obedece as datas festivas de ambas as cidades. Em Currais Novos, a Festa de Sant’Ana acontece de 16 a 26 de julho. Já em Caicó, de 18 a 28 do mesmo mês. É dentro deste período que as publicações serão distribuídas gratuitamente.
As revistas evidenciam a religiosidade, eventos sociais, culturais, turísticos e alguns personagens que permeiam a história dessas duas cidades.

Revistas viram souvenir das festas e arquivos de memórias das cidades
Acari, Serra Negra do Norte, Jardim do Seridó, São Vicente, Lagoa Nova, Cruzeta, Caicó e Currais Novos são cidades que já tiveram publicações. Algumas, mais de uma vez. Em todas as distribuições são gratuitas em períodos de festas de padroeiros. Para os jornalistas Ismael e Suerda Medeiros, é um trabalho gratificante: “uma contribuição para o Rio Grande do Norte, documentando parte de sua história”, afirma Ismael Medeiros. “Cada cidade nos proporciona descobertas e redescobertas incríveis. Contar a história da nossa gente não tem preço”, finaliza Suerda Medeiros.

Postado em 14 de junho de 2024

Confira a programação para o Forronovos 2024

O Forronovos começou nesta quinta-feira (13) e levou centenas de pessoas para o Centro de Currais Novos para acompanhar o início da programação. No cronograma, estão shows, apresentações culturais, competições esportivas e até gastronômicas.

Confira a programação:

FORRONOVOS 2024
Terreiro da Fazenda – Forró Pé de Serra
13/06- Ivo do Acordeon
14/06- Forró de nois
15/06- Lucas do acordeon
16/06- Flor de Caroá

Corredor Cultural
14/06 – Festival de Tapioca, às 18h30
13/06- Apresentação teatral – Cia Cultural Filhos do vento
14/06- Apresentação de dança: Grupo “Quem Dança é mais feliz “- No embalo do forró, vou dançar mais um são João.
14/06- Apresentação teatral- Grupo CIA MALETA DE CULTURA
15/06- Apresentação de dança- Grupo PASTORIL SCHEELITA
16/06 – V Cãodrilhada – 16h

De 13 à 16, a partir da 16h, também teremos o projeto Sabor e Arte, com a Mostra de Artesanato, Culinaristas e o Festival de Licores caseiros.

Dia 16/06 – Encontro de Poetas
Clara Bezerra
Antonio Heleonarde
Tiago Camilo
Jadson
Edcarlos
Antonio Francisco

Show no palco grande
SEXTA (14)
Talles Play
Forró dos 3
Robson Carneiro

SÁBADO (15)
Edyr Vaqueiro
Amanda & Ruama

Postado em 14 de junho de 2024

5 milhões de brasileiros perderam suas casas em desastres naturais nos últimos 10 anos

Na última década, mais de cinco milhões de pessoas viram suas moradias serem destruídas ou danificadas por desastres e tiveram que abandoná-las. A informação é de um estudo técnico da Confederação Nacional de Municípios (CNM). De acordo com o levantamento, mais de 2,5 milhões de moradias foram impactadas, sendo que mais 115.992 ficaram totalmente destruídas, entre 2013 e 16 de maio de 2024.

A região Sul liderou em registros de moradias afetadas, representando 43,4% do total, seguida pelas regiões Sudeste (25,5%), Nordeste (15,5%), Norte (10,8%) e Centro-Oeste (5%).

Veja o ranking dos estados com moradias destruídas de 2013 a 2023:

  1. Rio Grande do Sul (42.133)
  2. Paraná (10.818)
  3. Bahia (9.276)
  4. Amazonas (6.416)
  5. Minas Gerais (5.900)
  6. Alagoas (5.841)
  7. Santa Catarina (5.420)
  8. Maranhão (5.288)
  9. Pernambuco (5.194)
  10. Pará (4.422)

Marlon Bento, especialista em infraestrutura e diretor administrativo da Line Bank BR, explica que estudos climáticos mostram uma tendência de desastres naturais, como chuvas e enchentes. 

“Os riscos desse cenário hoje, que a gente tem atualizado com o número de pessoas morando em situação de risco, que aumentou drasticamente, demonstra que temos uma possibilidade de, todo ano, termos uma grande tragédia no Brasil”, aponta.

O levantamento ainda mostra que 94% dos municípios brasileiros declararam situação de emergência ou estado de calamidade pública pelo menos uma vez devido a desastres naturais entre 2013 e 16 de maio de 2024.

Rio Grande do Sul

Além disso, desde 2013, cerca de 2.850 municípios (51,2% do total) tiveram moradias diretamente afetadas. Somente neste ano, até o dia 16 de maio, 428 municípios registraram perdas em habitação, resultando em mais de 1 milhão de pessoas desalojadas ou desabrigadas.

Devido às chuvas intensas e enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul em maio, o estado tem 52% de moradias danificadas e 77,5% destruídas.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou medidas habitacionais para pessoas de baixa renda.

“Nós acreditamos que as providências que adotamos aqui vão se encarregar de fazer com que essas moradias sejam executadas mais rapidamente, porque já tem previamente alguém contratado. Quero dizer que os prefeitos que precisarem de apoio podem viabilizar a preparação de terrenos. Nossa equipe técnica também está pronta para ajudar no que for necessário, porque o que interessa é a casa executada”, ressalta.

O governador afirma que o plano Rio Grande possui mais de R$ 800 milhões, que já foram encaminhados para execução de projetos para reconstruir o estado, incluindo auxílio abrigamento para os municípios, aluguel social, estadia solidária e o programa Volta por Cima.

Fonte: Brasil 61

Postado em 14 de junho de 2024

Kassab reforça e elogia trabalho de Zenaide por 35 pré-candidaturas do PSD às prefeituras do RN

O presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD), Gilberto Kassab, reforçou e endossou o trabalho político da senadora Zenaide Maia (PSD-RN) para construir e consolidar pelo menos 35 pré-candidaturas próprias do partido, até o momento, às prefeituras do Rio Grande do Norte nas eleições deste ano. A parlamentar preside a legenda no Estado e tem percorrido todo o território potiguar para fortalecer chapas majoritárias e proporcionais.
O PSD tornou-se o partido com maior número de prefeituras no Brasil, conforme destacou o jornal Folha de S.Paulo em cenário após o fim da janela de trocas partidárias das eleições de 2024. A agremiação tem ao menos 1.040 prefeitos, crescimento de 58% em relação ao resultado do pleito municipal de 2020, e pretende ampliar essa capilaridade nas gestões municipais.
“O Rio Grande do Norte tem historicamente um papel estratégico e de protagonismo na geopolítica nacional. O fortalecimento do PSD em todos os estados ganha mais força e solidez no Rio Grande do Norte, comandando por uma mulher sertaneja de luta como a senadora Zenaide. Estamos muito bem representados e bem posicionados num estado que legou ao país vitórias como o pioneirismo da participação feminina na política, com nomes inscritos na história nacional como Alzira Soriano, primeira mulher a ser eleita prefeita na América Latina, e Celina Guimarães, primeira mulher a se alistar e a votar no país”, enfatizou Kassab.

Projeto de expansão
Conforme Zenaide, o projeto de expansão da legenda começa pelo palanque de Natal, a capital, com o nome competitivo e experiente do ex-prefeito Carlos Eduardo. O PSD também aposta na diversidade e na participação feminina nos cargos eletivos. Para isso, a senadora trabalha pela reeleição de Mariana Almeida em Pau dos Ferros, de Divanize em Baraúna e de Nira em Maxaranguape; pela eleição de Jéssica Íris ao comando do município de Antônio Martins; além da recondução da ex-prefeita Klébia Bessa ao cargo em Taboleiro Grande. Este é o retrato do momento, podendo mudar nos próximos meses e até ampliar esse rol feminino.

“O primeiro e melhor combustível para o trabalho na política é o entusiasmo, a vontade de renovar as lideranças partidárias na democracia, valorizar o que está funcionando bem, dialogar pelo bem comum, governar os municípios com sensibilidade humana e olhar diferenciado para a saúde, a educação, a segurança pública. É no município onde o povo vive, trabalha, estuda e precisa de políticas públicas que são pagas com os impostos que todos pagamos”, frisou Zenaide.

Após a parlamentar assumir o comando do PSD potiguar, o partido saltou de 14 para 18 prefeituras. “Estamos ampliando esse número de filiados e de pré-candidatos às prefeituras e às câmaras de vereadores. Nosso objetivo é tanto trabalhar pela reeleição dos gestores bem-sucedidos e aprovados pela população, quanto renovar nomes expressivos e vocacionados à vida pública nessas mais de 30 pré-candidaturas a prefeitos e prefeitas que disputarão o voto potiguar em outubro”, assinalou Zenaide.
O presidente nacional também elogiou a articulação de Zenaide no PSD potiguar, ressaltando a importância de propor um programa de governo voltado às demandas e necessidades específicas de cada cidade.
“Temos uma aliança nacional e estadual sólida com a senadora Zenaide, liderança extremamente agregadora e ativa nesse projeto de expansão do PSD a partir de uma base social e popular orgânica, enraizada no dia a dia das comunidades e nas urgências da população, incentivando também os empreendedores que geram empregos e estimulando o desenvolvimento econômico com produção justa de riqueza e de oportunidades de crescimento para todas as pessoas”, salientou Kassab.

Participação popular
Um dos exemplos dessa prática municipalista que alia técnicas de gestão e democracia participativa ocorre em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, onde a pré-candidatura do PSD tem percorrido aos bairros para construir um plano de governo com participação popular.
“Estamos construindo um projeto de desenvolvimento sustentado, planejando a cidade para crescer de forma organizada e consistente a curto e médio prazos, no período 2025-2030, lançando mão dos modelos mais modernos e exitosos de gestão pública”, exemplificou a senadora.
Médica de formação e ex-secretária municipal de saúde, Zenaide reafirmou o compromisso com o combate às desigualdades e com políticas de desenvolvimento social.
“Lidei na linha de frente de pronto-socorro com as dores e necessidades mais frequentes do nosso povo. Vi a pobreza, a dor, a falta de remédio, a violência, a vida maltratada. Isso me toca e emociona profundamente, mas também me motiva a trabalhar pelos que mais precisam de ajuda do poder público. Tenho certeza de que nossos resultados nas urnas refletirão um trabalho árduo, dedicado, rodando estradas, percorrendo bairros e comunidades, colhendo contravenções das lideranças comunitárias locais e dos moradores de cada região do Rio Grande do Norte. É esse modelo de Estado presente que buscamos e promovemos no PSD”, observou a presidente estadual do PSD.

O PSD
Hoje, o PSD é o maior partido entre as 13 legendas presentes no Senado, com um total de 15 representantes. Na Câmara dos Deputados, a sigla tem 44 parlamentares. O PSD compõe a base de apoio do presidente Lula (PT) no Congresso Nacional, governa os Estados do Paraná e de Sergipe e tem forte influência no Estado de São Paulo, onde Kassab é secretário do governador Tarcísio de Freitas.
O partido atraiu ainda três prefeitos de capitais eleitos por outras siglas em 2020: Eduardo Paes (Rio de Janeiro), Rafael Greca (Curitiba) e Topazio Neto (Florianópolis).

Município Prefeito ou prefeita filiado ao PSD
Antônio Martins Jorge Fernandes
Alexandria Jeane Ferreira
Baraúna Divanize
Ceará Mirim Julio César
José da Penha Doutor Raimundinho
Lagoa de Pedras Guilherme
Lagoa de Velhos Sonyara
Maxaranguape Nira
Pau dos Ferros Mariana Almeida
Passa e Fica Flaviano Lisboa
Poço Branco Edi Carlos (Edinho)
Rio do Fogo Márcio de Cicí
Tangará Augusto
Touros Pedro Filho
São José do Mipibú José Figueredo
São Bento do Trairí Kêka
São Miguel do Gostoso Renato de Doquinha
Taipú Louvado

Município Pré-candidatos filiados ao PSD à prefeitura
Natal Carlos Eduardo
São Gonçalo do Amarante Jaime Calado
Ceará-Mirim Antônio Henrique
São José de Mipibu Zé Figueredo
Apodi Giliard Oliveira
Touros Pedro Filho
Baraúna Divanize
Pau dos Ferros Mariana Almeida
Jucurutu Robson Oliveira
São Paulo do Potengi José Leonardo
Tangará Augusto
Alexandria Raimundo Andrade
Serra do Mel Moabe Soares
Poço Branco Edi Carlos (Edinho)
Vera Cruz Italo Cabral
Taipu Louvado
Rio do Fogo Márcio de Cicí
Maxaranguape Nira
Montanhas Agacyr
Passa e fica Flaviano Lisboa
São Miguel do Gostoso Leonardo Teixeira
Campo Redondo Coronel Egídi
Luís Gomes Nilsinho
Lagoa de Pedras Guilherme
Serra Negra do Norte Acacio Brito
Antônio Martins Jéssica Iris
José da Penha Em definição
Marcelino Vieira Dr Geraldinho
Severiano Melo Dr. Dagoberto Bessa
Várzea Getúlio Ribeiro
São Bento do Trairi Rafael Matias
Rafael Fernandes Em definição
Vila Flor Riva Barros
Lagoa de Velhos Nildo Galdino
Taboleiro Grande Klébia Bessa

Postado em 14 de junho de 2024

Com voto de Zenaide, Congresso aprova Bolsa Permanente de R$ 700 para universitários de baixa renda

Com defesa e voto favorável da senadora Zenaide Maia (PSD-RN), o Senado aprovou, na terça-feira (11), o projeto de lei que cria a Política Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes). O PL 5.395/2023 insere na legislação uma Bolsa Permanência, de pelo menos R$ 700, a ser paga a estudantes do ensino superior que não recebam bolsa de estudos de órgãos governamentais. A proposta também reúne outros nove programas em áreas como moradia estudantil e transporte para alunos. O texto vai à sanção do presidente da República.
“Estamos oferecendo uma segurança financeira mínima para que os estudantes em situação de vulnerabilidade social consigam concluir seus estudos. Quem enfrenta a pobreza e as dificuldades materiais luta numa verdadeira guerra para conseguir uma graduação e o tão sonhado diploma. Esta vitória tem também o apoio de representantes de entidades estudantis como a União Nacional dos Estudantes (UNE), que acompanharam a votação no Plenário do Senado”, comemora Zenaide.
O governo federal já conta com o Programa Nacional de Assistência Estudantil (que também utiliza a sigla Pnaes), criado pelo Decreto 7.234/2010, que oferece assistência para moradia estudantil, alimentação, transporte, saúde, inclusão digital, cultura, esporte, creche e apoio pedagógico.
Nesse sentido, ao consolidar em lei e dar maior segurança jurídica a programas já existentes como o Pnaes e o Bolsa Permanência, o projeto aprovado agora garante a permanência dos estudantes de baixa renda nas instituições federais de ensino superior e nas instituições da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica até a conclusão dos respectivos cursos.
Além de reiterar que a proposta não gera custos para os cofres públicos, Zenaide também aponta a preocupação em evitar a evasão escolar no ensino superior, de forma que o projeto aprovado atue contra a descontinuidade e mitigue as dificuldades dos alunos.
“Educação é o caminho para reduzir as desigualdades sociais e a violência. Além disso, muitos jovens que saem dos orfanatos por terem completado a maioridade são aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não têm recurso nenhum para se custear na faculdade. Esse projeto que aprovamos vai auxiliar essas pessoas que não têm nem família para poder contar”, frisa a parlamentar.

Recursos
Conforme o texto, as universidades e os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia receberão recursos da Pnaes proporcionais, no mínimo, ao número de estudantes que se enquadram como beneficiários da Lei no 12.711, de 29 de agosto de 2012, admitidos em cada instituição.

Programa Bolsa Permanência
O PL 5.395/2023 prevê um benefício direto, a Bolsa Permanência, a ser paga a estudantes que não recebam bolsa de estudos de órgãos governamentais. O valor não poderá ser inferior ao das bolsas de iniciação científica para estudantes de graduação, hoje em R$ 700, e ao das bolsas de iniciação científica júnior para estudantes de educação profissional técnica de nível médio, que corresponde hoje a R$ 300. Estudantes indígenas e quilombolas receberão bolsas em dobro.

Programa de Assistência Estudantil
O Programa de Assistência Estudantil prevê a concessão de benefício direto ao estudante direcionado a moradia estudantil, alimentação, transporte, atenção à saúde, apoio pedagógico, cultura, esporte e atendimento pré-escolar a dependentes.

Alimentação saudável
Já o Programa de Alimentação Saudável na Educação Superior terá ações articuladas com as políticas do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, valendo-se das compras do Programa de Aquisição de Alimentos.

Postado em 14 de junho de 2024

Setor de reciclagem atinge 22 mil empregos no RN e projeta crescimento de 20% até 2025

O setor de reciclagem no Rio Grande do Norte alcançou a marca de 22 mil empregos diretos e indiretos no Estado e prevê um crescimento de mais 20% até o final de 2025. As informações foram divulgadas durante a abertura do 3º Fórum de Reciclagem de Resíduos Sólidos do RN, nesta quinta-feira (13), na Casa da Indústria, sede da Federação das Indústrias (FIERN).

Com a presença de autoridades públicas, empresários e trabalhadores, o presidente do Sindicato das Indústrias de Reciclagem e Descartáveis do RN (SindRecicla-RN), Etelvino Patrício, abriu o evento firmado no calendário regional de iniciativas voltadas à reciclagem. O fórum traz como tema principal a responsabilidade compartilhada, desde a geração até a destinação de resíduos.

Etelvino Patrício destacou a importância do associativismo para o crescimento da indústria de reciclagem e descartáveis no Estado. “Nos últimos dez anos, nosso setor cresceu mais de 300% graças ao associativismo e pela sensibilidade do Governo Estadual de incentivar a atividade. Aumentamos a oferta de empregos diretos e indiretos no mesmo sentido, chegando a marca de 22 mil. Nosso trabalho agora é para ampliar em mais 20% esses números até o final de 2025”, afirmou ele.
 
O presidente da FIERN, Roberto Serquiz, ressaltou a transversalidade da atividade de reciclagem, que dialoga com todos os segmentos produtivos por oferecer uma destinação adequada para resíduos e retornar esses materiais para as cadeias produtivas. “Os novos modelos de produção e consumo surgidos neste século, com automação e digitalização de diversos processos, exigiram um uso ainda maior de recursos. A indústria da reciclagem entra neste contexto, para gerir os resíduos gerados por essa cadeia, evitar que esse material seja destinado para aterros e lixões e faz com que volte para a cadeia produtiva”, declarou Serquiz.

A governadora Fátima Bezerra participou da abertura do fórum e anunciou a criação da Bolsa Catador, que deve auxiliar financeiramente cooperativas e associações de catadores “para fomentar cada vez mais essa atividade que é a base da indústria de reciclagem”.
 
Fátima ainda lembrou da criação do ICMS ecológico e da Política Estadual de Resíduos Sólidos, que prevê a promoção da indústria de reciclagem e o reconhecimento do resíduo reutilizado como bem de interesse econômico. “Nossa gestão incluiu o setor da reciclagem no PROEDI (Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial do RN), possibilitando geração de emprego e renda e promoção da saúde e preservação do meio ambiente no nosso estado”, ressaltou a governadora.

O deputado estadual Hermano Morais, que representou a Assembleia Legislativa do RN no evento, apontou o Rio Grande do Norte como referência em sustentabilidade. “Já somos historicamente líderes na produção de energia eólica, mas também passamos a ser referência em reciclagem”, comenta. “É de interesse comum o desenvolvimento com sustentabilidade e é isso que promove a indústria de reciclagem do RN”, expressou Hermano.

Também participaram da abertura a subprocuradora do trabalho do Ministério Público do Trabalho, Ileana Neiva; o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do RN, Paulo Varella; o secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Silvio Torquato; e o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal, Thiago Mesquita.

Programação
 
Além de estandes de exibição de produtos e serviços das empresas e instituições parceiras do evento, o 3º Fórum de Reciclagem de Resíduos Sólidos conta com uma programação de palestras. Entre os participantes, destacam-se Aline Sousa, diretora presidente da Central das Cooperativas de Trabalho de Matérias Recicláveis (Centcoop); Geraldo Rufino, fundador da maior empresa de reciclagem de peças de caminhões do país; Fabrício Soler, professor, advogado especialista em Direito dos Resíduos e Direito Ambiental e consultor da Organização das Nações Unidas (ONU); e Luciana Balbino, empresária com forte atuação no turismo criativo e eleita uma das 100 mulheres mais poderosas do agronegócio pela revista Forbes.
 
O evento segue até esta sexta-feira (14), das 9h às 18h, com painéis, palestras e apresentações culturais relacionadas ao tema. O evento conta com os seguintes parceiros: Sicred, Recicla-RN, Reciaço, JPatricios, Lippel, Byd – Carmais, Confea, Cril, Inesfa, Sindcer, Singraf, Recinfo, Bioma Soluções, Café Santa Clara, Natal Shopping, Sadio, Fardar, Grimaldi, Sterbom, Vila Coxinha, Massas São Sebastião, Sebrae-RN e Semurb, além da FiIERN.

Postado em 14 de junho de 2024

Quase 70% dos brasileiros sentem-se ansiosos e menos da metade busca ajuda, diz pesquisa

Apesar de 68% dos brasileiros relatarem sentimento de nervosismo, ansiedade e tensão, mais da metade da população nunca procurou um profissional da saúde para lidar com questões relacionadas a transtornos de ansiedade. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (13) pelo Instituto Cactus em parceria com a AtlasIntel, 55,8% das pessoas não buscaram ajuda profissional.

Ao todo, 26% dos brasileiros relatam que foram diagnosticados com transtorno de ansiedade. Veja os diferente encaminhamentos, segundo o levantamento:

  • 55,8% das pessoas não procuraram um médico pra tratar do assunto;
  • 18,1% respondem que procuraram um profissional, mas não foram diagnosticados com ansiedade;
  • 15,3% dizem ter recebido o diagnóstico de ansiedade de um psiquiatra;
  • 10,7% afirmam ter recebido o diagnóstico de ansiedade de outro tipo de profissional da saúde.

Ainda segundo a pesquisa, 65,4% dos homens alegam não terem procurado um profissional para lidar com questões relacionadas à ansiedade, montante acima da média nacional.

“Ainda que pesquisas mostram que homens são menos afetados por transtornos mentais que as mulheres, não podemos ignorar como as convenções sociais ainda tratam as queixas relacionadas a saúde mental como algo inversamente proporcional à masculinidade, o que pode contribuir para que menos homens procurem ajuda”, apontam os pesquisadores.

Sinais de ansiedade

Os pesquisadores perguntaram aos entrevistados se, nas semanas anteriores ao questionário, eles haviam sentido algum tipo de incômodo relacionado à ansiedade. Veja os resultados:

  • 73% das pessoas disseram se preocuparem muito com diversas coisas;
  • 68% dos entrevistados se sentiram nervosos, ansiosos ou muito tensos;
  • 65% relataram dificuldade de relaxar;
  • 58% das pessoas disseram que ficam facilmente aborrecidos ou agitados;
  • 57% alegam que são incapazes de controlar suas preocupações;
  • 47% convivem com um medo como se algo terrível fosse acontecer;
  • 44% das pessoas dizem que ficam tão agitadas que têm dificuldade de permanecer sentadas.

“De acordo com os dados coletados, mais da metade dos respondentes tem queixas associadas à ansiedade. Esse fato reforça a importância de monitorar comportamentos e investigar a origem desses incômodos, ampliando práticas de prevenção e promoção de saúde mental para a população em geral”, reforçam os autores do estudo.

A pesquisa

A pesquisa “Panorama da Saúde Mental” foi realizada conjuntamente entre o Instituto Cactus e a AtlasIntel e resultou em dados com representatividade estatística. Foram ouvidas 3.266 pessoas entre dezembro de 2023 e janeiro de 2024. Os respondentes são brasileiros acima dos 16 anos residentes nas cinco regiões do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

CNN Brasil

Postado em 14 de junho de 2024

Perdas por furto de energia são suficientes para abastecer o Brasil por quase um ano

Nos últimos 17 anos, o Brasil registrou uma perda de 500 TWh (terawatt-hora) de energia por furtos e fraudes na rede elétrica, segundo dados da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) divulgados pela Abadee (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica) que consideram o período entre 2008 e 2023.

O prejuízo é suficiente para abastecer o país por quase um ano. Em 2022, por exemplo, o Brasil teve um consumo energético de 509 TWh.

Apenas em 2023, o país registrou a perda de 40 TWh, o que equivale a quase metade da produção da usina hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), no mesmo ano, quando o sistema gerou 83 TWh. De acordo com o levantamento, o índice das perdas em 2023 representa um crescimento de 19,3% em relação a 2022, quando o país teve prejuízo de 34,15 TWh.

Considerando que o custo médio de aquisição de energia pelas distribuidoras foi de R$ 249 em 2023, o país teve prejuízo de R$ 10,1 bilhões somente com os custos de compra energética, aponta o estudo.

R7

Postado em 14 de junho de 2024

Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio vai a R$ 47 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.736 da Mega-Sena, sorteadas nesta quinta-feira (13), no Espaço da Sorte, em São Paulo. O prêmio acumulado para o próximo concurso, no sábado (15), será de R$ 47 milhões.

As dezenas sorteadas foram 11 – 17 – 24 – 26 – 35 – 43.

A  quina teve 69 apostadores premiados e cada um irá receber R$ 39.700,69. Os 4.581 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 854,25 cada.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. O jogo simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 5.

AGÊNCIA BRASIL

Postado em 14 de junho de 2024

Comunicador acariense, Nelder Medeiros é convidado para aniversário de Cremosinho que terá Safadão como atração principal

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

O comunicador acariense, Nelder Medeiros, foi convidado para a Cremosunset, festa de aniversário do influenciador digital caicoense, Cremosinho. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (13).

Com preparativos a todo vapor, Cremosinho garante que esta edição sera inesquecível, repleta de surpresas e momentos marcantes. O público pode esperar uma celebração à altura das expectativas, com muita música, diversão e convidados especiais. O evento que acontecerá em Natal nos dias 9, 10 e 11 de julho e deverá contar, entre as atrações, com Wesley Safadão, Matheus Fernandes, Rogerinho, Oruam, entre outros.

Postado em 14 de junho de 2024

Senac e Fecomércio RN Lançam Programa de Capacitação para Comércio em Festas Regionais

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio RN) e o Sindicato do Comércio Varejista (Sindivarejo), lançou o programa “Venda Mais”. O objetivo é capacitar profissionais que atuarão durante a Festa de Santana em Currais Novos, evento de grande importância cultural e econômica para a região.

Este programa de capacitação, que foi implementado com sucesso em Mossoró durante o evento “Cidade Junina”, agora será utilizado para orientar comerciantes, prestadores de serviços e profissionais do turismo em Currais Novos. A iniciativa visa preparar esses profissionais para melhor atender ao público, aumentando a qualidade do serviço oferecido e, consequentemente, as vendas.O programa “Venda Mais” foi concebido como um projeto piloto em Mossoró, onde demonstrou ser altamente eficaz.

Durante o “Mossoró Cidade Junina”, os comerciantes locais passaram por treinamentos específicos que abordaram desde técnicas de atendimento ao cliente até estratégias de marketing e gestão de negócios.

A capacitação resultou em um aumento significativo na satisfação dos clientes e nas vendas, comprovando o impacto positivo do programa.

Em Currais Novos, a expectativa é repetir o sucesso de Mossoró. A Festa de Santana é uma das mais tradicionais do Rio Grande do Norte e atrai milhares de visitantes todos os anos. Através do “Venda Mais”, os comerciantes locais serão capacitados para otimizar suas operações, oferecer um atendimento de excelência e, assim, potencializar suas vendas durante o evento.Benjamim Garcia, Gerente regional do Senac RN, destaca a importância da iniciativa: “Nosso objetivo é proporcionar aos profissionais do comércio e turismo as ferramentas necessárias para melhorar seus negócios. Com o ‘Venda Mais’, estamos investindo na qualificação da mão de obra local, o que se reflete em um serviço de melhor qualidade para os consumidores e em um incremento nas vendas para os comerciantes.”O programa de capacitação já está em andamento e as expectativas são altas para o impacto positivo que terá na economia local durante a Festa de Santana em Currais Novos. Este é mais um exemplo de como a união de esforços entre instituições como o Senac, Fecomércio RN e Sindivarejo pode gerar benefícios concretos para a comunidade e impulsionar o desenvolvimento regional.

Postado em 13 de junho de 2024