Feriadão: Sexta-feira é ponto facultativo para servidores do estado

A próxima semana será de feriadão no Rio Grande do Norte, pelo menos para os trabalhadores da administração pública estadual. Em decorrência do feriado nacional de Corpus Christi, celebrado na quinta-feira (30), o Governo do RN decretou ponto facultativo para a sexta-feira (31). A determinação é de dezembro de 2023, quando o Decreto nº 33.302 divulgou o calendário de feriados para o ano de 2024.

A publicação aponta que o ponto facultativo deverá ser observado pelos órgãos e entidades da Administração Pública estadual direta, autárquica e fundacional.

Ainda de acordo com o documento, o ponto facultativo não deve impactar nos serviços essenciais. “Caberá aos dirigentes dos órgãos e entidades a preservação e o funcionamento dos serviços essenciais afetos às respectivas áreas de competência”, diz o artigo 3º do Decreto.

Postado em 26 de maio de 2024

Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira (27)

O período de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 começa na próxima segunda-feira (27) e segue até 7 de junho.

A inscrição é feita através da Página do Participante do Enem, com CPF do estudante e senha do portal do governo federal Gov.br.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – que é vinculado ao Ministério da Educação e responsável pela organização do Enem –, o pagamento da taxa de inscrição deve ser efetuado a partir do dia 27 de maio até 12 de junho.

O valor da taxa continua em R$ 85, pagável por boleto (gerado na Página do Participante), Pix, cartão de crédito, débito em conta corrente ou poupança (a depender do banco). Para pagar por Pix, basta acessar o QR code que consta no boleto.

O resultado das solicitações de isenção da taxa foi divulgado pelo Inep em 13 de maio. A aprovação da isenção não significa que a inscrição foi realizada automaticamente. É necessário que o interessado se inscreva para participar do exame.

No momento da inscrição, o participante deverá escolher o idioma da prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol). 

Treineiro

Podem participar do Enem na condição de treineiros os estudantes que vão concluir o ensino médio após o ano letivo de 2024 ou os interessados em fazer o exame que não estejam cursando e não concluíram o ensino médio. O candidato, no entanto, deve estar ciente de que sua participação servirá somente para autoavaliação de conhecimentos.

Os resultados individuais do treineiro não poderão ser usados para acesso ao ensino superior. Os resultados das provas deste grupo serão divulgados 60 dias após a divulgação geral dos demais candidatos.

Informações

Para mais informações sobre o exame e o processo de inscrição, acesse o edital do Enem 2024 ou o site oficial do Inep.

Enem 2024

A edição de 2024 do Exame Nacional do Ensino Médio será aplicada em todos os estados e no Distrito Federal nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia do exame, as provas são de linguagens, códigos e suas tecnologias, além da redação e ciências humanas e suas tecnologias. A aplicação terá 5 horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia do exame, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. A aplicação terá 5 horas de duração.

Criado em 1998, o Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica, ou seja, no fim do ensino médio. O exame se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

As instituições privadas de ensino superior também usam as notas do Enem para selecionar estudantes. Os resultados ainda servem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que têm convênio com o Inep. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Postado em 26 de maio de 2024

Senador Styvenson Valentim visita obras da Liga do Câncer em Currais Novos

imagem reprodução

No sábado, 25 de maio de 2024, às 16h30, o senador Styvenson Valentim esteve em Currais Novos para visitar as obras da futura unidade da Liga do Câncer. A inauguração está prevista para 24 de julho deste ano, gerando grande expectativa na comunidade local. Em vídeo no Instagram, Valentim expressou entusiasmo com a boa notícia, destacando a importância da nova unidade para oferecer atendimento especializado e humanizado aos pacientes oncológicos. A comunidade de Currais Novos aguarda ansiosamente a inauguração, que promete trazer avanços significativos no tratamento do câncer na região.

Postado em 26 de maio de 2024

Fiscalização e Conscientização Marcam Presença do DETRAN e das Forças de Trânsito no Cactos Moto Fest

Neste final de semana, a equipe do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN-RN), em parceria com a Polícia Estadual de Trânsito e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), participou ativamente do Cactos Moto Fest. O evento, conhecido por reunir motociclistas de várias regiões, foi palco de diversas ações voltadas à orientação e conscientização sobre as normas de trânsito.

Durante o festival, os agentes realizaram abordagens educativas, distribuíram materiais informativos e promoveram palestras sobre segurança no trânsito. O objetivo principal foi reforçar a importância do respeito às leis de trânsito e a adoção de práticas seguras na condução de veículos, especialmente motocicletas.

A participação da sociedade foi expressiva, demonstrando interesse e engajamento nas atividades propostas. Muitos motociclistas e visitantes se mostraram receptivos às orientações, participando ativamente das dinâmicas e dos debates promovidos pelas autoridades.

O Cactos Moto Fest se consolidou como um espaço não apenas de celebração e encontro para os amantes das duas rodas, mas também como uma oportunidade de promover a educação no trânsito e a segurança viária. As ações realizadas pelo DETRAN-RN, em conjunto com a Polícia Estadual de Trânsito e a PRF, contribuíram para reforçar a importância de um comportamento responsável no trânsito, buscando a redução de acidentes e a preservação de vidas.

Postado em 26 de maio de 2024

Média de analfabetos no RN é quase o dobro da média nacional

No Estado, a porcentagem de 13,9% representa pouco mais de 366 mil pessoas acima de 15 anos. No Brasil, a média é de 7% – Foto: Alex Régis/ Tribuna do Norte

Dados do Censo Demográfico de 2022, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam para um número alarmante no Rio Grande do Norte: a taxa de analfabetismo no Estado corresponde a quase o dobro da média nacional.
Segundo o Censo, o Rio Grande do Norte possui 13,9% de pessoas acima de 15 anos analfabetas. Os dados do IBGE se referem às pessoas com 15 anos de idade ou mais que não sabem ler e escrever uma carta simples. A média nacional é de 7%.

No Estado, essa porcentagem representa pouco mais de 366 mil pessoas, de um total de 2,6 milhões de pessoas acima da faixa etária mencionada. Destas, na faixa etária de 65 anos ou mais, o número de analfabetos é bem maior, 37,2%, totalizando 129.285 mil pessoas.

A região Nordeste também tem números muito baixos de alfabetização no geral. A média de analfabetismo do estado, no entanto, ficou abaixo da média do Nordeste, que foi 14,2%. A região foi a que teve o índice de analfabetismo mais alto do país.

Natal também se destaca no Censo como a quarta cidade do Brasil, e do Nordeste, dentre municípios com mais de 500 mil habitantes, com mais pessoas analfabetas acima de 15 anos, estando atrás apenas de Maceió (AL), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Teresina (PI). Na capital potiguar, 40.862 mil pessoas acima de 15 anos não estão alfabetizadas, o que corresponde a uma taxa de 6,6% do total.

Mas o que explicaria números tão baixos relacionados à alfabetização no Rio Grande do Norte? De acordo com a professora Sandra Gomes, do Instituto de Políticas Públicas da UFRN, a resposta parece relativamente simples, mas envolve questões mais complexas. O histórico do descaso com a educação ao longo dos anos reflete até os dias atuais nas pessoas mais velhas. Na faixa etária de 45 a 54 anos, o analfabetismo atinge 17,3% e, em pessoas de 55 a 64 anos, o número é de 24,1%. Para a professora, a negligência histórica com a educação afetou todo o país, mas só nos últimos anos, após a redemocratização, a questão da universalização da educação básica ganhou a importância devida. “O nosso atraso educacional é reconhecido como muito grande, e não estou falando nem em comparação com países desenvolvidos, mas com nossos vizinhos aqui, Chile, Argentina, Uruguai”, diz Sandra Gomes.

A faixa etária que mais chama atenção é a de pessoas com 65 anos ou mais. No Estado, cerca de 37,2% dessa população é analfabeta, de acordo com a pesquisa do IBGE. Em municípios como Lagoa de Pedra esse número chega a impressionantes 70%, pelo dados do Censo de 2022. Em Natal, 17% dos idosos acima de 65 anos são analfabetos.

“O problema do analfabetismo vai aumentando com a idade. Isso fica bem claro se olharmos as faixas etárias, é sobre o histórico de exclusão da educação. Quem tem hoje mais de 55 anos viveu nessa época que não tinha universalizado ainda o acesso à educação básica, muita gente não conseguia entrar na escola. Então, essas pessoas foram punidas, não tiveram oportunidades educacionais”, comenta a professora.

Diminuição depende de políticas

Secretaria de Educação diz que são necessários programas educacionais para adultos e idosos | FOTO: danilo barbosa

Para a professora Sandra Gomes, existe uma maneira de solucionar o analfabetismo: investir em políticas públicas de educação para essa população acima de 15 anos.


“O acesso à educação é resultado de políticas públicas, de expansão de vagas da rede pública. Porque devido aos altos índices de desigualdade no Brasil, os mais vulneráveis, a vasta maioria da população precisa da escola pública. Em torno de 80% dos estudantes estão e dependem da escola pública”, afirma Sandra.

A professora ainda sugere ainda algumas estratégias para contemplar a população mais velha. Uma delas é aumentar o acesso à Educação de Jovens e Adultos, o EJA. “No Rio Grande do Norte a educação de jovens e adultos ainda está muito concentrada nas grandes cidades, ela não chega em todos os lugares”, comenta Sandra.

No outro extremo, de acordo com o Censo do IBGE, a menor taxa de analfabetismo está nos grandes centros urbanos, como Natal e Parnamirim. “Nas grandes cidades o problema de acesso à educação sempre foi menor do que no interior, no rural”, completa a professora.

Sandra acredita que deve haver uma atenção especial nas políticas públicas para a população mais velha, porque as demandas de jovens e adultos são diferentes na educação. “Não dá pra imaginar alterar esse quadro, abrir oportunidades, se não houver uma estratégia de política pública específica para atingir esses públicos muito diferentes”, analisa.

O analfabetismo de pessoas entre 15 e 19 anos é considerado baixo no RN, 2,7%, mas na opinião da professora não deveria existir. “Tem que haver uma estratégia, de preferência não só do município, mas em coordenação com a Secretária Estadual de Educação do Estado para identificar quem são esses jovens que não sabem ler e escrever um bilhete simples. Existem municípios que tem feito já, há alguns anos, atividades de políticas educacionais relevantes que podem explicar a baixa taxa de analfabetismo entre jovens”, afirma. Para exemplificar, a professora cita São José do Seridó, Ipueira e Viçosa, que têm menos de 1% de taxa de analfabetismo entre jovens dessa idade. “Tem de ter um olhar particularizado para se montar estratégias específicas para cada município, porque só ter uma política pública geral não vai transformar essa realidade”, conclui Sandra.

Para a professora, o EJA é um excelente instrumento no auxílio ao combate do analfabetismo, porém ele precisa ser utilizado de forma eficaz. “Por um lado existe uma política de EJA nacional, estadual e deveria ter em todos os municípios. Para resolver aqueles que não tiveram oportunidade de entrar ou finalizar os estudos na idade esperada. Porém isso tem de ser planejado de forma a chegar a quem precisa, porque a situação não é igual em todos os lugares”, afirma.

Ela também cita uma outra estratégia da Unicef, da qual o Estado também faz parte, que pode auxiliar na redução da taxa de analfabetismo, a chamada Busca Ativa Escolar. Esse programa consiste em apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. “Essa estratégia é muito importante porque tem de ir buscar onde estão esses jovens analfabetos. Tem que ter uma equipe, uma estratégia, entender as razões”, conclui Sandra Gomes.

SEEC
Os números do Censo 2022 mostram que a taxa de alfabetização entre pessoas com mais de 15 anos no RN, de 86,14%, é a maior dos últimos 30 anos. Na avaliação da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer, SEEC, a análise desses números revela um cenário complexo e diversificado. O estado demonstra um progresso porém, uma análise mais detalhada dos dados por grupos raciais, sexos e faixas etárias revela disparidades históricas. A SEEC também destaca a necessidade de programas de alfabetização voltados para adultos e idosos.

O governo afirma que as políticas públicas focadas na inclusão educacional para populações indígenas e idosos são essenciais para alcançar uma alfabetização universal. A identificação dessas disparidades permite a implementação de estratégias mais eficazes para garantir o acesso à educação de qualidade para todos. Uma das ações da SEEC neste campo é a Política de Superação do Analfabetismo que, em sua primeira edição no ano de 2022, alfabetizou mais de 10 mil potiguares em 113 municípios.

Tribuna do Norte

Postado em 26 de maio de 2024

Senadora Zenaide reúne lideranças estaduais e empossa comissão do PSD Mulher

Neste sábado (25), o Partido Social Democrático – PSD/RN e PSD Mulher realizaram seu aguardado Encontro Estadual, no salão de eventos do Hotel Holiday Inn, em Natal. A reunião contou com as presenças de representantes de 70 municípios do Estado, além da participação de diversas lideranças do PSD e partidos aliados, que compartilharam suas visões e discutiram estratégias para o futuro político do Rio Grande do Norte.
Durante o evento, aconteceu a posse da nova comissão do PSD Mulher, liderada pela prefeita de Pau dos Ferros, Marianna Almeida, pela vice-prefeita de Natal, Aíla Cortez, vereadora de Parnamirim, Fativan Alves, e pela Agente Comunitária e pré-candidata vereadora de Apodi, Diany Câmara.
“Ao nível estadual é muita honra, mas, ao mesmo tempo, uma responsabilidade gigantesca, porque nós sabemos ainda que somos minoria na política. Mas essa história da mulher ser minoria na política tem mudado com o tempo, a gente tem quebrado várias barreiras e eu vou dizer uma coisa a vocês, nós estaremos firmes, de cabeça erguida e não nos curvaremos a qualquer tipo de magia que nos tire nessa luta”, falou Marianna Almeida.
A senadora Zenaide Maia falou da alegria em receber os filiados, filiadas e pré-candidatos, pré-candidatas no Encontro Estadual do PSD Mulher. “Nós temos candidato em Natal e em vários municípios do Estado. Fico muito feliz em vê-los aqui. Eu sinto orgulho grande de cada um de vocês de todos os municípios aqui. Coragem, ousadia, o que vocês têm e digo mais: Eita povão de fé, esse nordestino,” declarou Zenaide.
O ex-prefeito e presidente do PSD Natal, Carlos Eduardo, falou da importância do Partido Social Democrático para o cenário político brasileiro e do quanto vem crescendo no país. “O partido é um partido de grande expressividade política no Brasil. Nós somos o partido que temos a maior bancada de senadores no Senado Federal. Nós somos um partido com 42 deputados federais. Isso é uma representatividade política no cenário nacional muito expressiva. E faz com que o nosso partido hoje já chegue a ser, um dos maiores partidos do Brasil”, reforçou.
Jaime Calado falou em nome dos pré-candidatos a prefeito e Júlio César discursou representando os prefeitos do partido. O encontro ainda contou com a presença do deputado Dr. Bernardo Amorim, filiados, filiadas, prefeitos, prefeitas, vices e vereadores.

Postado em 25 de maio de 2024

Em Caicó, Zenaide dedica um dia inteiro para conferir investimentos realizados via emendas parlamentares

Nesta sexta-feira (24), a senadora Zenaide Maia (PP/RN) esteve na cidade de Caicó para cumprir uma extensa agenda. A parlamentar foi recebida pelo prefeito Dr. Tadeu, fez visitas ao hospital regional, instituições, participou de reuniões e finalizou os compromissos na 51º Expo Seridó.
A agenda iniciou na Escola Profissional Júlia Medeiros, onde conheceu o trabalho realizado pela instituição de ensino que qualifica homens e mulheres. Na ocasião, a senadora fez a entrega da doação de tecidos, linhas e retalhos doados pelo Club dos Retalhos, que irão ajudar nas aulas práticas. “Uma educação será de qualidade se oferecer os recursos e oportunidades que cada um necessita para estar em igualdade”, declarou Zenaide.
Em seguida, Zenaide foi até o Hospital Regional do Seridó, com o prefeito Dr. Tadeu, onde viu os equipamentos entregues através de emenda do mandato. A senadora já destinou R$ 35 milhões durante sua atuação parlamentar para o município, sendo R$ 400 mil só para os últimos equipamentos destinados para o Hospital Regional do Seridó.
O terceiro compromisso foi no 4° Grupamento de Bombeiros Militar do Seridó, onde a parlamentar conheceu a planta para a construção de um prédio, onde será implantado o projeto de esportes para jovens. “Precisamos fortalecer nossas instituições para poderem continuar fazendo um trabalho de qualidade. Um Corpo de Bombeiros fortalecido com tecnologias avançadas. É isso que a população precisa. Agradeço a atenção do Tenente Coronel Comandante do 4° GBM, Alcione Araújo e o Comandante do Quartel em Caicó, Major Lima Verde”, ressaltou.
Na sequência, a senadora visitou a Câmara Municipal, onde teve uma reunião bastante produtiva com os vereadores Preto Costa, Rosangela, Diogo, Andinho e Veranilson, onde foram discutidas melhorias para o município.
A agenda da senadora também incluiu: um encontro com representantes da Aldeis Infantis SOS, instituição que está completando 45 anos, além de uma conversa com o estudante de direito, Melchezedhec, onde discutiu sobre uma doença neurológica que, através do Projeto de Lei (PL) 4.767/2020, aprovado na Comissão de Assuntos Sociais, com relatoria da senadora, trata sobre a Síndrome de Tourette, e está tramitando no Senado.
O Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, campus Caicó, também fez parte da agenda. A senadora foi recebida pelo diretor-geral da instituição, Prof. Max Miller, pela Profª Livia Solino, Coordenadora do Curso de Tecnologia em Design de Moda e o Técnico Administrativo e pelo Coordenador da Manutenção, Jeferson Lucena. “O nosso mandato destinou mais R$ 1,5 milhões de reais em emenda parlamentar para aquisição de uma impressora têxtil Epson Monalisa, uma das mais avançadas na área de tecnologia de moda, que irá proporcionar aos estudantes do instituto o acesso a um equipamento de ponta. Investir na educação é investir no futuro. Os Institutos Federais, tem um papel fundamental na transformação da vida dos jovens”, lembrou a senadora.
A agenda de Zenaide Maia em Caicó foi finalizada na Exposição Agropecuária do Seridó – Expo Seridó 2024. “Esta é uma das melhores feiras de agropecuária do Seridó. É grande a alegria, mais uma vez, de estarmos aqui para prestigiar os homens, mulheres, pequenos e grandes empreendedores do campo e da cidade”, comemora Zenaide.
Na 51º Expo Seridó a programação é diversificada com muitas atrações interessantes, como a visitação de stands, comercialização de animais, exposição de animais taxidermizados, visitação dos Implementos Agrícolas, palestras, comidas regionais, museu Casa de Taipa e muito mais.

Postado em 25 de maio de 2024

Com 18,9 mil vítimas de estupro entre janeiro e abril de 2024, Brasil tem média de 157 casos por dia

Foto: Elza Fiuza/Arquivo Agência Brasil

O Brasil registrou uma média de 157 vítimas de estupro por dia entre janeiro e abril deste ano. Ao todo, foram 18.975 casos nos meses analisados, sendo março o período com o maior número de ocorrências (5.477), segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Na comparação com o mesmo quadrimestre do ano passado, houve uma queda de 19,11%.

As informações estão disponíveis no painel “Mulheres e Segurança Pública”, mantido pela pasta ministerial, que também disponibiliza as estatísticas por estados. São Paulo ocupa a primeira colocação, com 3.234 casos, ou seja, 17% de todas as ocorrências já registradas no ano. Em seguida, aparecem Paraná, com 1.952, e Minas Gerais, com 1.388.

Veja lista dos 10 estados com mais vítimas registradas:

  • São Paulo – 3.234 casos
  • Paraná – 1.952 casos
  • Minas Gerais – 1.388 casos
  • Rio de Janeiro – 1.264 casos
  • Pará – 1.243 casos
  • Santa Catarina – 1.107 casos
  • Bahia – 1.099 casos
  • Rio Grande do Sul – 988 casos
  • Goiás – 965 casos
  • Mato Grosso – 647 casos

Feminicídios

Os dados também mostram uma diminuição de 8,60% no comparativo entre os casos de feminicídios deste ano e de 2023. Entre janeiro e abril de 2024, 425 mulheres foram vítimas do crime no país. O mês de janeiro é o que concentra a maioria dos crimes, com 130. Em média, 4 mulheres são mortas no Brasil por dia em crimes misóginos. São Paulo (73), Minas Gerais (42) e Paraná (35) lideram o ranking com o maior número de registros.

R7

Postado em 25 de maio de 2024

R$ 150 BILHÕES: Custo de desastres com chuvas no país salta 41% em 10 anos

Foto: Wesley Santos

Os desastres naturais com chuvas custaram ao país ao menos R$ 149 bilhões entre 2014 e 2023, alta de 41% em relação aos R$ 104 bilhões da década anterior, revelam dados coletados pelo UOL no Atlas Digital de Desastres no Brasil, do MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional).

O Atlas reúne os dados de catástrofes fornecidos por estados e municípios. Para descobrir o impacto financeiro de desastres com as mesmas características da tragédia no Rio Grande do Sul, o UOL coletou apenas os estragos provocados por chuvas intensas, alagamentos, enxurradas, inundações, vendavais/ciclones e ondas de frio.

O custo se refere à soma dos danos e prejuízos causados por esses desastres. O ministério explica a diferença:

  • Danos: bens materiais e infraestrutura destruídos pelas intempéries, como casas, pontes, ruas, escolas, hospitais e locais públicos
  • Prejuízos: estão ligados a serviços de água, luz, transporte, telefonia e outros

Na primeira década analisada, os danos superam os prejuízos, enquanto a lógica se inverte nos últimos dez anos. Os danos somaram R$ 59,5 bilhões entre 2004 e 2013, valor que caiu para R$ 43,3 bilhões entre 2014 e 2023 (-27,2%).

Já os prejuízos dispararam. Passaram de R$ 45,3 bilhões para R$ 105,5 bilhões de uma década para outra, alta de 133%.Se os valores forem somados, prejuízos e danos causaram um rombo de R$ 253,6 bilhões aos cofres públicos apenas nos últimos 20 anos.

As cifras refletem o aumento na frequência desse tipo de desastre no Brasil. As ocorrências semelhantes às do Rio Grande do Sul passaram de 10.456 para 14.161 de uma década para outra, alta de 35%. Embora o número de mortes tenha caído (de 2.162 para 1.333), os afetados passaram de 39 milhões para 61 milhões de pessoas, ou 100 milhões de brasileiros prejudicados em 20 anos.

UOL

Postado em 25 de maio de 2024

Cometa se aproximará da Terra após 80 mil anos e pode brilhar mais que Vênus no céu

Imagem mostra o cometa C/2023 E1 (ATLAS) descoberto em março — Foto: NASA

Um cometa descoberto no início de 2023, denominado C/2023 A3 (Tsuchinshan-ATLAS), chamou a atenção de observatórios astronômicos e está previsto que ilumine o céu ainda em 2024. A expectativa é que ele brilhe com uma magnitude variando de 0,7 a 0,2, comparável ao brilho de algumas das estrelas mais luminosas.

Os astrônomos preveem que o cometa se aproximará da Terra em 12 de outubro. Neste dia, ele será visível no início da noite, podendo ocorrer um fenômeno óptico chamado “espalhamento frontal”. Isso acontece quando a luz solar é refratada pelas partículas de poeira do cometa, aumentando seu brilho em até 4 magnitudes, o que pode torná-lo 40 vezes mais brilhante.

À medida que o C/2023 A3 se aproxima do Sol, espera-se que seu brilho aumente, podendo atingir uma magnitude de até -5, colocando-o no mesmo nível de brilho que o planeta Vênus.

Cometas são feitos basicamente de gases congelados, rochas e poeira. Quando se aproximam do Sol, o calor emitido pela estrela faz com que o gelo se transforme em gás. Com isso, forma-se a nuvem que dá ao astro sua cauda.

A primeira observação desse cometa foi feira ainda em janeiro, por astrônomos do Purple Mountain Observatory, na China, enquanto outra equipe também localizou o mesmo objeto com o telescópio Asteroid Terrestrial-impact Last Alert System (ATLAS), na África do Sul.

Astrofotógrafos amadores no Hemisfério Norte devem começar a obter boas imagens do cometa em junho. Em seguida, o cometa se perde no brilho do sol até agosto de 2024 e passa pelo periélio em 28 de setembro de 2024.

Fonte: O Globo

Postado em 25 de maio de 2024

Mega-Sena acumula de novo e prêmio chega a R$ 47 milhões

Último sorteio da Mega-Sena teve os seguintes números: 02 – 09 – 11 – 25 – 43 – 51

A Caixa Econômica Federal sorteará neste sábado (25.mai.2024), a partir das 20h, as dezenas da Mega-Sena. O prêmio está acumulado em R$ 47 milhões. As apostas podem ser feitas nas lotéricas ou pela internet –a aposta mínima custa R$ 5.

Nenhum apostador acertou as dezenas de 5ª feira (23.mai.2024). Foram sorteados os seguintes números: 02 – 09 – 11 – 25 – 43 – 51.

A quina teve 83 apostas vencedoras –cada uma terá direito a receber R$ 34.712,93. Os 4.779 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 861,25.

Fonte: Poder360

Postado em 25 de maio de 2024

Magda é a 12ª chefe da Petrobras desde o 1º mandato de Lula

Magda assumiu o comando da Petrobras na 6ª feira (24.mai.2024)

A nova presidente da PetrobrasMagda Chambriard, é a 12ª CEO da petroleira desde o 1º mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2003. Em média, os comandantes da maior estatal do país têm ficado menos de 2 anos no cargo.

Depois de ter sido fritado por alas do governo, o último presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, foi demitido por Lula em 14 de maio. Ficou 1 ano e 3 meses a frente da companhia.

Desde 2003, Sergio Gabrielli foi o CEO mais longevo da Petrobras. O executivo comandou a petroleira estatal por 6 anos e 6 meses (de 2005 a 2012). Ele assumiu depois da saída de José Eduardo Dutra, o 1º indicado por Lula à presidência da Petrobras.

Já o CEO que ficou menos tempo no cargo foi José Mauro Coelho. O executivo indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) durou 2 meses e 6 dias no comando da empresa. Durante o governo Bolsonaro, a Petrobras teve 4 presidentes, uma média de 1 por ano.

Magda será a 2ª mulher a presidir a Petrobras. A 1ª foi Graça Foster, indicada no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Foster ficou 2 anos e 11 meses à frente da petroleira, a 2ª executiva mais duradoura nos últimos 20 anos.

A saída de Foster se deu no momento mais conturbado da história da Petrobras. A empresa foi o epicentro da Operação Lava Jato, quando borbulhavam denúncias de esquemas de corrupção com empreiteiras em projetos da petroleira que mancharam tanto a gestão de Foster quanto de seu antecessor Sergio Gabrielli.

Chambriard foi diretora-geral da ANP durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), de 2012 a 2016. Antes, trabalhou por 22 anos na própria Petrobras, como funcionária de carreira. 

Segundo seu perfil no LinkedIn, Chambriard é bacharel em engenharia civil e mestre em engenharia química pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Atua como consultora no setor de petróleo e energias e, desde abril de 2021, é diretora da assessoria fiscal da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). 

A gestão de Chambriard na ANP foi marcada pela retomada dos leilões de áreas para exploração e produção de petróleo, e pelo vazamento de óleo durante a perfuração de um poço na Bacia de Campos pela empresa norte-americana Chevron. As decisões da executiva em relação ao 2º ponto incluíram a aplicação de multas pesadas a empresas que atuam na operacionalização de plataformas de petróleo, causando discórdias no setor. 

Fonte: Poder360

Postado em 25 de maio de 2024

RS tem 800 casos suspeitos de leptospirose após cheias; quatro mortes já foram confirmadas

Os temporais e cheias que deixaram 163 mortos no Rio Grande do Sul agora colocam o estado sob alerta em razão da leptospirose. Até este sábado (25), a Secretaria Estadual da Saúdes (SES) havia registrado 800 casos suspeitos da doença desde o início do desastre.

A leptospirose é transmitida pela água suja, contaminada pela urina de ratos. O risco da doença foi potencializado pelas inundações que ocorrem no estado desde o fim de abril.

Segundo a Secretaria de Saúde, são 54 casos confirmados e quatro mortes identificadas. As vítimas que morreram são:

  • Eldo Gross, de 67 anos, de Travesseiro;
  • homem, de 33 anos, de Venâncio Aires;
  • homem, de 50 anos, de Porto Alegre;
  • homem, de 56 anos, de Cachoeirinha.

Leptospirose

A leptospirose é uma doença infecciosa causada pela Leptospira interrogans. Ela é transmitida a partir da exposição direta ou indireta à urina de animais infectados, principalmente roedores.

Em situações de enchentes e inundações, a urina dos ratos, presente em esgotos e bueiros, mistura-se à enxurrada e à lama das enchentes. Qualquer pessoa que tiver contato com a água das chuvas ou lama contaminadas pode se infectar.

Com informações de g1

Postado em 25 de maio de 2024

EUA aprovam possível venda de helicópteros Black Hawk ao Brasil por R$ 4,9 bilhões, diz Pentágono

O Departamento de Estado norte-americano aprovou uma possível venda de helicópteros Black Hawk e equipamentos relacionados ao Brasil por um valor estimado de US$ 950 milhões (R$ 4,9 bilhões), informou o Pentágono nesta sexta-feira (24). A informação é da agência de notícias Reuters.

Os principais fornecedores seriam a Lockheed Martin e a Sikorsky, informou o Pentágono.

A Força Aérea Brasileira (FAB) já tem helicópteros desse modelo. Nas enchentes no Rio Grande do Sul, por exemplo, um Black Hawk foi usado em uma missão de substituição de gerador no município de Cachoeira do Sul, e também foi usado em missões de resgate na região da cidade de Agudos.

Em abril, um Black Hawk foi usado em uma operação para destruir motores de garimpeiros que estavam na Terra Indígena Yanomami.

Esse é o helicóptero aparece no filme “Falcão Negro em Perigo”, de 2001 —o nome em inglês é “Black Hawk Down”, ou “Black Hawk derrubado”.

Segundo a página do fabricante, a aeronave tem diversos propósitos e é usada pelas forças armadas dos EUA e de outros 34 países

Há mais de 4.000 Black Hawks, e a maioria (2.135) são do Exército dos EUA.

A empresa também afirma que o helicóptero é usado para entrar e sair de zonas de combate, para levar tropas ou retirá-las de um local e atuar como bombeiro aéreo e patrulheiro de fronteiras, entre outros usos.

Um novo modelo foi desenvolvido recentemente como um helicóptero armado para dar apoio a tropas no chão ou servir como escolta. É uma aeronave que pode voar mais alto do que as anteriores.

g1

Postado em 25 de maio de 2024

Chuvas poderão ser até acima da média nas regiões Leste e Agreste do RN, prevê Emparn

As regiões Leste e Agreste do RN deverão registrar volume de chuvas de normal a acima das médias nos meses de junho, julho e agosto. A informação é da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), que concluiu a análise das condições de chuvas e previsão para os próimos meses.

Quanto às regiões Central e Oeste, que nesse período começa o período de estiagem, as chuvas devem ocorrer em índices próximos à normalidade, podendo em alguns momentos ocorrer pancadas de chuvas significativas. Segundo o serviço de meteorologia da Emparn, as condições oceânicas e da circulação atmosféricas são determinantes.

No oceano Atlântico, as águas superficiais na bacia tropical continuam mais quentes que o normal, mantendo as condições favoráveis à ocorrência de chuvas com intensidade moderadas a fortes para esse período em toda a faixa litorânea do Nordeste — deste o sul do estado da Bahia até o litoral norte do Rio Grande do Norte.

As temperaturas, de acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, continuarão apresentando valores acima do normal, com a máxima variando de 290C a 310C e a mínima entre 200C a 240C. No interior do estado, a temperatura máxima deve variar entre 330C a 350C e a mínima entre 180C a 220C nas regiões serranas.

As chuvas observadas até o momento, durante o mês de maio no Rio Grande do Norte, apresentaram valores abaixo do normal devido principalmente à presença de um bloqueio atmosférico que se instalou durante grande parte do mês sobre a parte central a América do Sul, de acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, impedindo a passagem de sistemas frontais e forçando o deslocamento da Zona de Convergência Intertropical para o norte.

Parâmetros que, segundo a Emparn, provocam a redução das instabilidades sobre a região. Foram observados alguns eventos com chuvas fortes nas regiões do Oeste, no município de Campo Grande e no Litoral Leste, região da Grande Natal. As regiões Central e Agreste do Rio Grande do Norte registraram, em maio, chuvas abaixo do esperado para o período (até 24 de maio), com 29,4% e 31,5%, respectivamente.

Postado em 25 de maio de 2024