Veja quem lidera a corrida à prefeitura nas 10 maiores cidades do RN

Faltando 4 meses para as eleições municipais de 2024, nas 10 maiores cidades do RN, a disputa promete ser emocionante.

A análise levou em consideração os nomes que estão em 1° lugar nos levantamentos divulgados até o momento.

Veja quem lidera nos 10 maiores municípios do RN:

Natal – Carlos Eduardo

Mossoró – Allyson Bezerra

Parnamirim – Professora Nilda

São Gonçalo do Amarante – Jaime Calado

Macaíba – Emídio Júnior

Ceará-Mirim – Antônio Henrique

Extremoz – Jussara Sales

Caicó – Dr. Tadeu

Assú – Luiz Eduardo Soares

São José do Mipibu – Zé Figueiredo

Potiguar News

Postado em 4 de junho de 2024

Com 6,3 milhões de casos prováveis, Brasil lidera ranking de dengue

Com quase 6,3 milhões de casos prováveis de dengue, sendo mais de 3 milhões confirmados em laboratório, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de países com maior número de notificações da doença em 2024. Em seguida estão Argentina, com 420 mil casos prováveis; Paraguai, com 257 mil casos prováveis; e Peru, com quase 200 mil casos prováveis.

Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS), que já contabiliza este ano um total de 7,6 milhões de casos prováveis de dengue em todo o mundo, sendo 3,4 milhões confirmados em laboratório. O painel de monitoramento da entidade aponta ainda mais de 3 mil mortes provocadas pela doença. Atualmente, 90 países registram transmissão ativa de dengue.

“Embora um aumento substancial de casos de dengue tenha sido relatado globalmente nos últimos cinco anos, esse aumento foi particularmente pronunciado na região das Américas, onde o número de casos ultrapassou 7 milhões no final de abril, ultrapassando os 4,6 milhões de casos registrados em todo o ano de 2023”, destacou a OMS.

A entidade alerta ainda que todos os quatro sorotipos de dengue foram detectados nas Américas este ano. Segundo a OMS, pelo menos seis países da região – Brasil, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México e Panamá – já reportaram casos de circulação simultânea de todos os quatro sorotipos.

“Além disso, muitos países endêmicos não dispõem de mecanismos robustos de detecção e notificação, o que faz com que o verdadeiro fardo da dengue a nível mundial seja subestimado. Para controlar a transmissão de forma mais eficaz, é necessária uma vigilância robusta da dengue em tempo real.”

Vacinação

Para a organização, a vacina contra a dengue deve ser vista como parte de uma estratégia integrada para o combate à doença e que inclui também o controle de vetores, a gestão adequada dos casos e o envolvimento comunitário. “A OMS recomenda o uso da TAK-003, única vacina disponível, em crianças de 6 a 16 anos em locais com alta intensidade de transmissão de dengue”.

A vacina a que a entidade se refere é a Qdenga, desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda e atualmente utilizada no Brasil. O imunizante começou a ser aplicado na rede pública de saúde em fevereiro deste ano. Em razão da quantidade limitada de doses a serem fornecidas pelo próprio fabricante, a vacinação é feita apenas em crianças e adolescentes de 10 a 14 anos.

Agência Brasil

Postado em 4 de junho de 2024

Senado votará nesta terça (4) proposta que retoma imposto de importações em compras de até US$ 50, diz Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), confirmou que vai pautar na sessão desta terça-feira (4) a proposta que, entre outros pontos, retoma a taxação federal sobre importações de até US$ 50 – o projeto da “taxa das blusinhas”.

“Votaremos a urgência e o projeto”, disse Rodrigo Pacheco ao blog da jornalista Camila Bomfim.

O relator da proposta é o senador Rodrigo Cunha (Podemos-AL).

Na semana passada, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto que acaba com a isenção de imposto para compras internacionais de até US$ 50 – ou R$ 260. Desde agosto de 2023, essas operações estão isentas de taxação.

O texto aprovado pelos deputados prevê uma alíquota de 20% do valor do produto, mas ainda precisa ser aprovado no Senado.

Questionado pelo blog se líderes sinalizaram possíveis mudanças no texto, Pacheco respondeu: “Sem sinalização ainda. Vai para o debate”.

Postado em 4 de junho de 2024

Enem: inscrições terminam nesta sexta-feira

Os interessados em prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2024 devem realizar a inscrição até esta sexta-feira (7) por meio da Página do Participante, prazo que vale, também, para os pedidos de atendimento especializado e tratamento por nome social. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará as provas em 3 e 10 de novembro, nas 27 unidades da Federação.

Na Página do Participante, estão disponíveis os resultados dos recursos sobre a isenção da taxa de inscrição. Os interessados também podem consultar os resultados dos recursos que tratam das justificativas de ausência (quem era isento da taxa no Enem 2023 e não compareceu aos dois dias de prova precisava justificar a falta para participar da edição de 2024 gratuitamente).

Postado em 4 de junho de 2024

Rio Grande do Sul tem 616 mil pessoas fora de casa pela calamidade

Mais de 616,6 mil pessoas ainda estão impossibilitadas de voltar para suas casas no Rio Grande do Sul, devido à calamidade pública provocada pelas fortes chuvas que caíram no estado entre o fim de abril e maio. Entre elas, 37.154 estão abrigadas temporariamente em um dos 857 abrigos provisórios disponibilizados pelo estado. De acordo com o balanço das enchentes atualizado pela Defesa Civil no estado, nesta segunda-feira (3), 579.457 pessoas ainda estão desalojadas, morando temporariamente em casas de parentes, amigos ou à beira de estradas, enquanto não podem retornar às suas residências.

A tragédia provocou 172 mortes, conforme divulgado pela Defesa Civil neste domingo. E 42 pessoas ainda seguem desaparecidas. Desde o início das fortes chuvas, 77,8 mil pessoas foram resgatadas e também 12,5 mil animais silvestres, domésticos e de produção foram resgatados das enchentes, como cachorros, gatos, cavalos, porcos, bois e galinhas.

No período de pouco mais de um mês da ocorrência dos eventos climáticos 2.390.556 pessoas foram afetadas direta ou indiretamente por eles, o que equivale a 21,97% da população total do estado (10,88 milhões de habitantes, residentes em 475 municípios impactados pelas chuvas e cheias.

Nível de rios e lagos

O nível do Guaíba, que banha a região metropolitana de Porto Alegre, voltou a subir no domingo e alagou algumas ruas de Porto Alegre (RS) na manhã desta segunda-feira (3).

Às 10h, o lago área da Usina do Gasômetro chegou a 3,80 metros (m), 20 centímetros acima da nova cota de inundação, de 3,60 m no centro da cidade, com tendência de queda, desde o início desta manhã.

O boletim do governo do Rio Grande do Sul sobre os serviços de infraestrutura do estado, atualizado às 9h, desta segunda-feira, aponta que a Lagoa dos Patos, no bairro do Laranjal, está com o nível de 2,21m, quase um metro acima da cota de inundação fixada em 1,30m.

O Rio Gravataí, na medição no balneário de Passo das Canoas, está com 4,81m, enquanto a cota de inundação dele é 4,75m.

Já os rios que voltaram a ficar abaixo de seus respectivos níveis de inundação são os Rios dos Sinos, no município de São Leopoldo: 4,33m (cota de inundação: 4,50m), Taquari, na cidade de Muçum, atualmente com 3,49m (cota de inundação: 18m), Caí, medido em Feliz, com nível de 2,16m (cota de inundação: 9m); Uruguai, em Uruguaiana, medindo 7,32m (cota de inundação: 8,50m).

Postado em 3 de junho de 2024

Projeto de Lei propõe câmeras corporais para STF, deputados e ministros

Foto: Reprodução

Em protesto contra a regulamentação do uso de câmeras corporais por policiais, o deputado Delegado Marcelo Freitas (União-MG) apresentou um projeto de lei para “expandir” o uso da ferramenta de monitoramento.

Com apoio dos colegas deputados Coronel Ulysses (União-AC) e Nicoletti (União-RR), Freitas protocolou um projeto para obrigar deputados, senadores, juízes e até ministros de estado e do STF a usarem câmeras corporais e em seus gabinetes.

A proposta, que tem pouca chance de avançar no Congresso, foi apresentada como um protesto. O próprio Freitas fala em “constrangimento” dos policiais ao terem de usar a câmera, “ao atender uma ligação da esposa” durante o trabalho.

“Impondo a utilização de câmeras, principalmente ligadas ininterruptamente durante o período de trabalho, estamos invadindo a intimidade de todos os policiais, mesmo daqueles que têm conduta rigorosamente dentro das leis e normas”, escreveu o deputado no projeto.

O argumento de Freitas, porém, está equivocado. Isso porque a regulamentação do governo federal prevê que os policiais poderão desligar as câmeras durante momentos íntimos, como ao ter de utilizar o banheiro, por exemplo.

Câmeras em gabinetes
No protesto em forma de projeto de lei, os deputados propõem ainda que algumas categorias usem tanto câmeras corporais, iguais as de policiais, quanto tenham seus gabinetes e reuniões gravadas por câmeras. São elas:

  • Parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado Federal;
  • Juízes e desembargadores;
  • Ministros de Tribunais Superiores;
  • Conselheiros dos Tribunais de Contas;
  • Membros do Ministério Público;
  • Ministros de Estado.

“Se buscamos a transparência em relação às ações de servidores públicos, por que os agentes políticos não dão o exemplo? Por que não implementarmos esse “controle” através de câmeras que registrem o dia a dia profissional dos homens públicos com maior poder de decisão em nossa República? Aqueles que mantêm diálogos e ações republicanas durante seu trabalho, não terão restrição a utilizar os sistemas de gravação de áudio e vídeo, de forma semelhante à proposta colocada para todos os policiais deste País”, diz o deputado.

Fonte: Igor Gadelha – Metrópoles

Postado em 3 de junho de 2024

STF decide se torna Sergio Moro réu por calúnia contra Gilmar Mendes

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar, nesta terça-feira (4), uma denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador Sergio Moro (União-PR) pelo crime de calúnia contra o ministro Gilmar Mendes.

A PGR acusa Moro de caluniar Gilmar Mendes “imputando-lhe falsamente o crime de corrupção passiva” ao dizer que o ministro “solicita ou recebe, em razão de sua função pública, vantagem indevida para conceder habeas corpus, ou aceita promessa de tal vantagem”.

De acordo com a denúncia, ao atribuir falsamente a prática do crime de corrupção passiva ao ministro, Moro “agiu com a nítida intenção de macular a imagem e a honra” de Gilmar Mendes, “tentando descredibilizar a sua atuação como magistrado”.

A defesa do senador pede a rejeição da denúncia e sustenta que, apesar de infelizes, as afirmações foram descontextualizadas e “não possuem qualquer conotação criminosa”. Para os advogados, o caso não poderia ser julgado no STF já que a fala foi feita antes de ele assumir o cargo de senador.

A PGR sustenta que a declaração de Moro foi feita em público, na presença de várias pessoas, com o conhecimento de que estava sendo gravado. Isso, de acordo com a denúncia, facilitou a divulgação da afirmação caluniosa, que se tornou pública em 14 de abril de 2023, ganhando ampla repercussão na imprensa nacional e nas redes sociais.

A análise da denúncia será feita pelos ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Cristiano Zanin, Flávio Dino e Cármen Lúcia, relatora do caso. O processo foi incluído nesta segunda na pauta de julgamento de terça-feira.

Afirmação infeliz, mas sem crime, diz defesa
No vídeo, Sergio Moro é visto em uma aparente festa, ao ar livre, quando alguém ao fundo diz: “Está subornando o velho”. O hoje senador responde, enquanto pega um copo: “Não, isso é fiança… instituto. Pra comprar um habeas corpus do Gilmar Mendes.”

Segundo os advogados de Moro, a denúncia da PGR contra ele não trouxe requisitos mínimos necessários para seu prosseguimento. “Não é possível identificar quando, onde, por que, para quem, sob qual contexto as afirmações supostamente criminosas foram exprimidas pelo acusado”, disse a defesa de Moro.

A defesa do senador sustenta que o STF não teria competência para processar e julgar o caso porque a fala de Moro objeto da denúncia foi feita antes de ele assumir o mandato de senador da República pelo Paraná.

“As afirmações (não criminosas, registre-se desde logo) proferidas pelo acusado se deram ao largo de sua atuação parlamentar e enquanto este sequer era detentor de função pública eletiva”, disseram os advogados, afirmando que a fala também foi retirada de contexto.

“O vídeo que originou a autuação do presente processo foi gravado durante uma ‘festa junina’, provavelmente ocorrida em junho/julho de 2022, e a sua versão editada foi divulgada em abril de 2023, ou seja, muito antes de o acusado assumir sua função pública eletiva junto ao Congresso Nacional”, afirmam os advogados do senador.

Para a defesa de Moro, a denúncia não aponta “um elemento sequer” que indicaria que o senador seria o responsável por gravar, editar ou divulgar o vídeo. “Isso é sintomático, pois nada que diz respeito ao vídeo que serviu de base à denúncia é de responsabilidade de Sergio Moro”, diz a defesa.

Os advogados também argumentaram que, “apesar de infelizes”, as afirmações de Moro sobre Gilmar Mendes “não possuem qualquer conotação criminosa”.

Fonte: CNN Brasil

Postado em 3 de junho de 2024

Pacheco diz que PEC das Praias deve ser vista com ‘cautela’

Foto: Ailton de Freitas/Valor/Arquivo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta segunda-feira (3) que a proposta de emenda à Constituição (PEC) das Praias deve ser vista com “cautela”.

A PEC tem causado polêmica nos últimos dias sobre uma eventual autorização para privatização das praias. Isso porque o texto permite a venda da União para empresas e pessoas dos chamados terrenos de marinha. Essas áreas, situadas 33 metros além do ponto mais alto atingido pela maré, têm sido tradicionalmente utilizadas para fins comerciais como hotéis e bares.

A parte da areia e do mar, geralmente utilizada pelos banhistas, continuaria sendo de propriedade da União e de acesso ao público.

Os que são contra veem na PEC uma privatização do acesso à praia.

Defensores da proposta dizem que isso vai dinamizar a economia. Diante da polêmica, Pacheco foi questionado por jornalistas sobre a tramitação da matéria.

“Em se tratando de uma emenda constitucional, nós temos que ter toda a cautela de poder fazer um amadurecimento, devido ao mérito da proposta”, afirmou o presidente do Senado.

Depois, os jornalistas perguntaram a Pacheco se ele concordava com a PEC. O presidente do Senado disse que ainda não tem opinião formada.

“Eu vou me reservar, não opinar nesse momento. Vamos deixar o debate fluir. Eu confesso até que eu não tenho uma opinião formada”, finalizou Pacheco.

Ele disse que não vai colocar o tema para votação “da noite para o dia”.

“Então, o que eu posso garantir como presidente é que não vai ser pautado da noite pro dia, nem haverá nenhum tipo de de açodamento pra poder atropelar o amadurecimento desse tema, especialmente porque trata de uma alteração na Constituição”, reforçou.

g1

Postado em 3 de junho de 2024

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil vai ao STF contra importação de arroz pelo governo federal

Foto: Oat_Phawat/Getty Images

A medida do governo federal de autorizar a importação de arroz será discutida no Supremo Tribunal Federal (STF). A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) protocolou, nesta segunda-feira (3/6), uma ação contra a medida na Corte.

O governo federal marcou para a próxima quinta-feira (6/6) um leilão público para a aquisição de arroz pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Para tentar impedir a medida, a CNA entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no STF.

O argumento da CNA é que não haveria risco de desabastecimento do produto por causa das inundações no Rio Grande do Sul, maior produtor de arroz no Brasil e responsável por 71,2% da colheita do cereal no país.

No entendimento da confederação, a aquisição de arroz pelo governo federal poderia desestruturar a cadeia produtiva “criando instabilidade de preços, prejudicando produtores locais de arroz, desconsiderando os grãos já colhidos e armazenados, e, ainda, comprometendo as economias de produtores rurais que hoje já sofrem com a tragédia e com os impactos das enchentes”.

O Rio Grande do Sul foi atingido por fortes chuvas que impactaram 475 dos 497 municípios do Estado. Além das vidas perdidas, houve danos ao setor produtivo. O governo do estado estima ter de recuperar 3,2 milhões de hectares de cultivos diversos.

As chuva chegaram ao RS no fim de abril, quando a colheita já estava adiantada. No 18 de abril, por exemplo, o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) estimou que já haviam sido colhidos 70% de todo o arroz.

O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Guilherme Mello, afirmou ao Metrópoles em meados de maio que não haveria risco de desabastecimento. Ele centrou a preocupação no escoamento do que foi colhido.

“Precisamos de mais informações para entender, mas as informações preliminares que nós temos é que a perda não é tão expressiva. Então, não há, do ponto de vista de abastecimento, nenhum risco”, disse.

Metrópoles

Postado em 3 de junho de 2024

Cármen Lúcia é empossada na presidência do TSE

Foto: Cristiano Mariz/Agência O Globo

A ministra Cármen Lúcia tomou posse nesta segunda-feira na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cerimônia foi iniciada no início da noite com a presença de diversas autoridades, entre elas os presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

O ministro Alexandre de Moraes, que está deixando o comando do tribunal, abriu a solenidade. O magistrado fez uma rápida fala antes de transmitir o cargo, e elogiou a trajetória da magistrada. Segundo Moraes, a nova presidente do TSE é uma “histórica defensora do estado democrático de direito”.

Ele também ressaltou o papel de Cármen na luta contra “o preconceito e qualquer forma de discriminação” e contra as fraudes em cotas de gênero.

— (A ministra é) motivo de orgulho e admiração de todos nós da área jurídica e da sociedade brasileira. Essa notável professora é reconhecida nacional e internacionalmente como uma das mais respeitadas publicistas brasileiras. É a única mulher da história do Brasil a ser presidente do Supremo Tribunal Federal, do Conselho Nacional de Justiça e agora, pela segunda vez, do Tribunal Superior Eleitoral — disse Moraes.

Além de Cármen como presidente, o ministro Nunes Marques foi empossado vice-presidente.

Estão previstos os discursos do ministro Raul Araújo, em nome do TSE, do procurador-geral da República, Paulo Gonet, e do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti. Cármen Lúcia discursará ao fim da cerimônia.

Moraes assumiu a presidência da Corte eleitoral em agosto de 2022, no início da campanha eleitoral daquele ano, e comandou o tribunal durante quase dois anos. Com o fim do seu mandato no TSE, ele será substituído por André Mendonça.

Essa é a segunda vez que Cármen preside o TSE. Antes, ela já teve à frente do tribunal entre 2012 e 2013, sendo a primeira mulher a ocupar o cargo. Assim como na primeira vez, a ministra será responsável por comandar as eleições municipais.

Os governadores Romeu Zema (Minas Gerais) e Cláudio Castro (Rio de Janeiro) e a vice-governadora Celina Leão (Distrito Federal) compareceram. Cármen é natural de Minas.

Além dos integrantes da Corte, diversos ministros do governo federal também estão presentes, como Ricardo Lewandowski (Justiça), Jorge Messias (Advogado-Geral da União), Silvio Almeida (Direitos Humanos), Márcio Macedo (Secretaria-Geral) e Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos).

O Globo

Postado em 3 de junho de 2024

Vendas das mesas da Festa da Nostalgia começaram. Confira detalhes

Foto:Reprodução

Começaram as vendas das mesas da Festa da Nostalgia, tradicionalíssimo evento do município de Currais Novos. A festividade será realizada no dia 19 de julho, no Aero Clube de Currais Novos.

As vendas estão sendo feitas na Secretaria Paroquial de Sant’Ana em horário comercial. O ingresso individual é de R$ 50 e as mesas serão vendidas a R$ 200. As atrações serão a Orquestra Los Manos e a Banda The Clássicos.

Postado em 3 de junho de 2024

Currais Novos RN: Confira os Ganhadores da Promoção sua Mãe merece o Melhor CDL

1 GANHADOR(TV) : Iracema P. De L. Campelo
Empresa: Rede Mais
Vendedor : Francilene

2 GANHADOR (CELULAR): Maria Luzia Batista
Empresa: Rede Mais
Vendedor: Vinícios Victor

3 GANHADOR (TV): Marilza Luci de Melo
Empresa: Rede Mais
Vendedor : Lorena

4 GANHADOR (CELULAR ): Adriana Costa de Azevedo
Empresa: Rede Mais
Vendedor: Silvana

05 Ganhador ( TV) : Emilia Moura
Empresa: Rede Mais
Vendedor: Heloisa

6 Ganhador (CELULAR): Maria do Socorro de Araújo Lopes
Empresa : Rede Mais
Vendedor : Francilene

7 Ganhador (TV): João Batista Dantas
Empresa : Rede Mais
Vendedor: Vinícius Victor

8 Ganhador(CELULAR): Marcos Rodrigo M. Silveira
Empresa: Rede Seridó – Alternativo
Vendedor: Jean

Postado em 3 de junho de 2024

Currais Novos RN: Semana do Meio Ambiente é marcada por atividades educativas e ações de mobilização

Na semana dedicada ao Meio Ambiente de 03 a 07 de junho em Currais Novos RN, o Comitê Municipal Educação Ambiental (CMEA), em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (SEMAAB) e a Associação Recicla Currais, apresentaram no programa ‘Café com Notícia da radio Currais Novos uma extensa programação de atividades voltadas para a conscientização e engajamento da comunidade frente ao cuidado com o Meio Ambiente.
Na manhã do dia 03 de junho, na SEMAAB foram entregues 10 novos PEV’S (Ponto de Entrega Voluntária), que serão distribuídos em creches, escolas e entidades governamentais e não governamentais. Na presença de autoridades constituídas, membros do Comitê e catadores.
Dia de junho 04 Às 15h30, uma roda de conversa na Escola Estadual Silvio Bezerra de Melo, com alunos e professores. A atividade conta com a participação das Professoras Patrícia Daliane e Luziane, coordenadora da Central do Cidadão, estarão juntos com catadores da associação Recicla Currais.

Ações contínuas

No dia 5 de junho, dia do Meio Ambiente, às 8h, haverá um pit-stop educacional entre as praças Cristo Rei e Tomaz Salustino, onde alunos da Escola Municipal Professor Humberto Gama participaram de atividades de conscientização ambiental . Às 12h30, será realizada uma entrevista na Sidys TV, com a Secretaria do Meio Ambiente, abordando os desafios e iniciativas ambientais do município.

Às 17h, terá uma ação de limpeza no Geositio Pedra do Cruzeiro do Geoparque Seridó, com a participação do grupo ‘Pegadas na Trilha’, membros do CMEA e Catadores.

Troca sustentável

No dia 6 de junho, às 18h30, haverá a distribuição de mudas na Praça do Projeto Arte na Praça, onde os moradores puderam trocar materiais recicláveis por plantas. Essa iniciativa buscou incentivar a reciclagem e o plantio de árvores na comunidade.

Encerrando a semana, no dia 7 de junho, uma ação será realizada na Central do Cidadão , onde a sociedade será convidada a participar das atividades de mobilização ambiental. A Semana do Meio Ambiente reforçou a importância da conscientização e do engajamento coletivo para a preservação do meio ambiente.

Essas iniciativas destacam o compromisso da cidade em promover a educação ambiental e envolver os cidadãos em práticas sustentáveis, garantindo um futuro mais verde e consciente para todos.



Postado em 3 de junho de 2024

Semana do Meio Ambiente tem início com entrega de 10 Pontos de Entrega Voluntária

A programação da Semana do Meio Ambiente em Currais Novos teve início na manhã desta segunda-feira (03) na Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Abastecimento (SEMAAB) com a ampliação dos Pontos de Entrega Voluntária – PEV’s que serão fixados em locais estratégicos como escolas, creches e órgãos públicos. Os 10 novos pontos serão administrados pela Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Currais Novos. Podem ser depositados nos PEV’s resíduos recicláveis como papel, plástico e metal.

Postado em 3 de junho de 2024

XXII Corrida da Fogueira acontecerá próximo dia 15. Inscrições para atletas de Currais Novos têm início nesta segunda (03)

Um dos eventos mais prestigiados da programação do FORRONOVOS, a “Corrida da Fogueira” celebra sua XXII edição no próximo dia 15 de junho com a expectativa de atrair centenas de corredores amadores e profissionais em uma prova com percurso de 6,7KM. A Corrida terá início às 15h30 com as categorias infantis, e em seguida, a faixa etária adulto.
As inscrições são gratuitas e tem início nesta segunda-feira (03) para atletas de Currais Novos, e acontecem até a quarta-feira (05) das 17h às 21h na sede da Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (SEMTUR – Avenida Cel. José Bezerra, nº 10, centro). Para visitantes, as inscrições serão online na quinta-feira (06) a partir das 19h no site da Federação Norte Riograndense de Atletismo (https://fnatletismo.com.br/).

Postado em 3 de junho de 2024