Delegada Larissa Perdigão volta a assumir Superintendência da PF no RN

O Governo Federal mudou o comando da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal em vários estados do país. No Rio Grande do Norte, mudanças foram feitas na Superintendência da PF, que será comandada agora pela delegada Larissa Freitas Carlos Perdigão, que já ocupou o cargo em 2020. Ela substitui o Luiz Carlos Nóbrega Nelson, que estava à frente da corporação no RN desde maio de 2021, quando foi nomeado pelo então ministro Anderson Torres, que hoje é suspeito de ser conivente com os atos antidemocráticos do último dia 8 em Brasília.

A dispensa de Luiz Carlos Nelson, bem como a nomeação de Larissa Perdigão, estão publicadas em edição extra do Diário Oficial da União desta última quarta-feira (18), sob as portarias nº 751 e nº 753 respectivamente, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Larissa Freitas Carlos Perdigão é potiguar, formada em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), especialista em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade Gama Filho. Ela também já atuou como professora cursos de formação profissional, extensão e aperfeiçoamento ministrados pela Academia Nacional de Polícia (ANP/PF), e também foi representante regional da Interpol no RN.

Outro comando que sofrerá mudanças é o da Polícia Rodoviária Federal. Na mesma publicação do DOU, Luiz Idalino Câmara Pinheiro, policial rodoviário federal que também ocupava o cargo desde maio de 2021, foi dispensado da função de chefia regional no Rio Grande do Norte. Diferentemente da PF, o nome do substituto para a PRF ainda não foi oficializado. No portal oficial da corporação consta o nome de Anderson da Silva Costa como superintendente substituto no RN;

Além das trocas de comando no RN, outros 17 estados tiveram mudança na Superintendência da PF, e outros 25 superintendentes da PRF foram dispensados de seus cargos.

Postado em 20 de janeiro de 2023