Cosern retira quase 20 toneladas de equipamentos irregulares instalados em postes em todo o RN

Foto: Divulgação/ : Neoenergia Cosern

Aproximadamente 20 toneladas de equipamentos instalados de forma irregular na rede de postes da Cosern foram retirados pelas equipes da distribuidora ao longo de 2022 em todo o Rio Grande do Norte. Ao todo, foram recolhidas 19,3 toneladas de material.

De acordo com a Cosern, esse é o maior número já registrado pela distribuidora e representa um mento de 357% em relação a 2021.

O município com o maior volume de equipamentos irregulares retirados dos postes ao longo de 2022 foi Assú, com 6,2 toneladas. Em seguida, a cidade de São Gonçalo do Amarante, com 1,1 Tonelada e, em terceiro lugar, Alto do Rodrigues, no Alto Oeste potiguar, com 989 quilos.

Entre os equipamentos extraídos estão condutores (fios e cabos) e caixas de telecomunicações, que pertencem a empresas de telecomunicações (telefonia e internet).

Ainda segndo a distribuidora de energia, essas empresas precisam seguir regras impostas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)​ e Agência Nacional do Petróleo (ANP). Antes da instalação dos equipamentos nos postes, seguindo a legislação em vigor para o setor, as empresas de telecomunicações precisam encaminhar os projetos e aguardar a análise da companhia que resultará na aprovação, ou não, da execução da instalação.

Ranking – Equipamentos irregulares retirados dos postes:

Assu: 6.216 toneladas

São Gonçalo do Amarante: 1.126 toneladas

Alto do Rodrigues: 989 quilos

Parnamirim: 912,4 quilos

Caraúbas: 780 quilos

Macau: 730,2 quilos

Pedro Avelino: 718,4 quilos

Lajes: 688,6 quilos

Touros: 662,8 quilos

Mossoró: 655,3 quilos

Postado em 5 de janeiro de 2023