Bancos de leite registram baixa de até 40% nos estoques

Os estoques dos bancos de leite em maternidades de Natal e da Grande Natal registram baixa de até 40%, em janeiro. O índice é registrado na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC) na capital, enquanto que na Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, a baixa é de cerca de 30%. O cenário, de acordo com responsáveis pelos respectivos bancos de leite, se deve à temporada de férias, quando muitas doadoras costumam seguir para o litoral em busca de descanso.

A nutricionista Gabrielle Mahara, que integra a equipe multiprofissional do Banco de Leite da MEJC, afirma que a maternidade mantém, em média, 50 doadoras mensais. Não houve redução neste número, mas as captações registraram baixa. “Observamos, desde o final de novembro do ano passado, uma diminuição das captações, que hoje está entre 30% e 40% daquilo que é a nossa normalidade. Essa queda reflete a sazonalidade das doações e deve aumentar até o Carnaval”, explica a nutricionista.

“Em dezembro, com a festas de fim de ano e, depois janeiro e fevereiro, por causa das férias escolares, as doações diminuem com a ida das famílias para casas de veraneio. A gente estimula que as crianças mamem até os dois anos e como estão mais em casa neste período por causa das férias, consomem mais o leite materno. Lembrando que a doação é feita com o leite excedente. Aqui não temos uma baixa de doadoras, e sim de captações, por essas razões que eu mencionei”, acrescenta Gabrielle Mahara.

Postado em 29 de janeiro de 2024